Os paper toys existem há vários séculos, nascendo com a arte dos Origamis (or-i-GA-me). A palavra baseada nas palavras Japonesa Ori (dobrar) e Kami (papel). O CineFreak tem sua versão, são os PaperFreak.

Os paper toys do presente existem por todo o mundo, e são criados por designers gráficos que buscam mais suporte para aplicar suas criações.

Os paper toys são urbanos, mas não só, recriam personalidades conhecidas e fazem nascer da imaginação dos seus criadores personagens novas, sejam pessoas, animais, seres alienados, a imaginação é o limite…

PaperFreak da Semana – PaperFreak da semana – Wolverine

O PaperFreak desta semana é o mutante mais violento da Marvel, o Wolverine …Bom Divertimento…

PaperFreak da semana - Wolverine

Wolverine (palavra em inglês para “carcaju” ou “glutão”, um tipo de mustelídeo das florestas do Canadá), é um personagem fictício, um herói de histórias em quadrinhos publicados pela Marvel Comics. A primeira aparição do personagem foi na revista de HQ Incredible Hulk #180 (outubro de 1974) e foi criado pelo escritor Len Wein e pelo diretor de arte John Romita, que desenvolveu o personagem. Ele foi desenhado pela primeira vez para publicação por Herb Trimpe.

A primeira aparição de Wolverine foi na revista The Incredible Hulk #180, em Outubro de 1974, em história escrita por Len Wein e desenhada por Herb Trimpe. A partir daí, o personagem fez aparições em várias publicações da Marvel Comics, até fazer sua maior participação em The Incredible Hulk #181, em Novembro de 1974 novamente em história de Wein e Trimpe.

John Romita desenhou o personagem em uniforme amarelo e azul e foi apresentado apenas como sendo um agente super-humano do governo canadense. Nessas aparições, suas garras não eram mostradas retráteis, embora Len Wein já tenha dito que elas sempre foram desenhadas com essa idéia.

Seu principal poder mutante é o chamado Regeneração Celular, dom que lhe permite curar-se de qualquer ferimento ou envenenamento rapidamente, além de não ficar doente e poder recuperar quase órgãos inteiros, através de uma imensa capacidade de regeneração celular. Wolverine já teve o próprio cérebro destruído por suas garras quando teve o corpo invadido por um vírus tecnorgânico e se recuperou. Provavelmente é esse poder que diminui assustadoramente seu envelhecimento.

Nos cinemas o personagem foi interpretado pelo ator australiano Hugh Jackman em uma série de três filmes: X-Men, X-Men II e X-Men: O Confronto Final.

O sucesso do personagem foi tanto que superou sua franquia de origem, ganhando direito a um filme solo em 2009, X-Men Orígens: Wolverine, contando novamente com Jackman no papel do mutante canadense.

O filme revela o passado violento do personagem, explicando a sua complicada inimizade com o mutante Dentes-de-Sabre, sua experiência no projeto Arma X e vários primeiros encontros com famosos mutantes do mundo Marvel. O filme tem uma continuação, The Wolverine, inspirada na saga japonesa de Chris Claremont e Frank Miller, lançada no último fim de semana nos cinemas brasileiros..

Jackman também fez uma ponta como Wolverine em X-Men: First Class, e atuou na continuação deste filme, Days of the Future Past, uma participação em X-Men Apocalypse e encerra sua participação no universo mutante da Marvel em Logan.