Segundo o Deadline, a Netflix não vai dar continuidade na série ‘O Legado de Júpiter‘

‘O Legado de Júpiter’ é cancelada pela Netflix 3

Houve uma redefinição do universo de séries baseadas nas obras de Mark Millar, optando-se por uma franquia antológica, com séries com apenas uma temporada. O próximo capítulo será uma série em live-action de ‘Supercrooks: O Assalto‘, obra de Mark Millar que já tem um anime em produção.

Mark Millar disse que futuramente, ‘O Legado de Júpiter’ poderá retornar, mas de uma outra forma e com um novo elenco, já que os atores da primeira temporada já foram liberados de seus contratos.

O autor afirmou:

‎”Estou muito orgulhoso do que a equipe conseguiu com ‘O Legado de Júpiter’ e do incrível trabalho que todos fizeram nessa temporada de origem. Me perguntaram muito sobre o que estamos planejando a seguir com este mundo e a resposta é: ver aquilo que os super-vilões estão fazendo. Sempre amei histórias de crimes de Scorcese a Tarantino, e super-vilões são sempre a parte mais divertida de qualquer história de super-herói. Fazer algo exclusivamente focado nos vilões, explorando como é ser um cara mau em um mundo cheio de mocinhos que querem colocá-lo na cadeia, é muito interessante. O universo de ‘O Legado de Júpiter’ é vasto e rico, e por isso estou feliz em compartilhar que nosso próximo passo aqui é uma versão live-action de Supercrooks, que criei com Leinil Francis Yu alguns anos atrás. Também tomamos a difícil decisão de deixar nosso incrível elenco fora do compromisso da série enquanto continuamos a desenvolver cuidadosamente todos os outros reinos da saga.‌‎ Queremos agradecer a todos pelo apoio contínuo.”‎

A primeira temporada do anime de ‘Supercrooks: O Assalto’ terá 13 episódios, com duração de 30 minutos cada, e fica sob responsabilidade do estúdio Bones, conhecido por ‘My Hero Academia‘ e ‘Fullmetal Alchemist‘.