O escritor João Ubaldo Ribeiro, 73 anos, faleceu na madrugada da sexta-feira,18/07/2014, no Rio de Janeiro.

Ribeiro teve uma embolia pulmonar em sua casa, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. Um funcionário do prédio onde o escritor morava há cerca de 20 anos afirmou que, por volta das 3h da manhã, a família pediu por ajuda médica, mas que não houve tempo de prestar socorro.

O corpo do escritor começou a ser velado no início da tarde desta sexta-feira (18) na Academia Brasileira de Letras (ABL), no Centro do Rio de Janeiro.

Segundo a ABL, o velório acontece no Salão dos Poetas Românticos e está aberto ao público até às 19h. A academia decretou luto por três dias.

De acordo com funcionários do Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul, o sepultamento acontecerá no sábado (19).

Vencedor do Prêmio Camões, o mais importante da literatura em língua portuguesa, e integrante da Academia Brasileira de Letras, João Ubaldo Ribeiro é pai de Bento Ribeiro, ex-VJ da MTV.

João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro (Itaparica, 23 de janeiro de 1941 — Rio de Janeiro, 18 de julho de 2014) foi um escritor, jornalista, roteirista e professor brasileiro, formado em direito e membro da Academia Brasileira de Letras.

Foi ganhador do Prêmio Camões de 2008, maior premiação para autores de língua portuguesa. Ubaldo Ribeiro teve algumas obras adaptadas para a televisão e para o cinema, além de ter sido distinguido em outros países, como a Alemanha.

É autor de romances como Sargento Getúlio, O Sorriso do Lagarto, A Casa dos Budas Ditosos, que causou polêmica e ficou proibido em alguns estabelecimentos, e Viva o Povo Brasileiro, tendo sido, esse último, destacado como samba-enredo pela escola de samba Império da Tijuca, no Carnaval de 1987.

JUR