A Zombie Walk SP é um evento tradicional da cidade, contando com uma legião de adeptos anciosos para a próxima edição. A deste ano aconteceu na sexta feira, dia 02 de novembro, na Praça Patriarca, no centro de São Paulo.

A concentração de “zombies” começou ao lado da estação Anhangabaú de metrô, no centro de SP. Ao pegar o metrô neste dia, já se via a movimentação dos mortos vivos em outras estações. Eram famílias inteiras fantasiadas, prestigiando o evento internacional.

Na parte externa da estação Anhangabaú, milhares de pessoas, fantasiadas à carater, esperavam o início da passeata. Eram piratas, militares, vulcanos (todos zombies, monstros, vampiros, cada um com muita dedicação ao seu traje e maquiagem.

Como toda manifestação pública, há aqueles que abusam e não sabem respeitar o próximo, mas isto não tirou o brilho e a diversão do evento.

A Zombie Walk é uma marcha pública de pessoas vestidas de zumbi que acontece em diversas cidades do mundo. O evento surgiu na Califórnia em 2001, e desde 2006 vem sendo feito anualmente em São Paulo, sempre no dia 2 de novembro (Dia de Finados).

A participação sempre é gratuita e aberta a todos, basta comparecer à caráter no dia e horário combinados e se unir à turma.
 Zombies invadiram o Centro de São Paulo 1

Zombie Walk no Facebook: https://www.facebook.com/zombiewalksp

Zombie Walk é uma passeata composta por um grande grupo de pessoas que se vestem de zumbis. Geralmente caminhando ou correndo por grandes centros urbanos, os participantes organizam uma rota através das ruas da cidade, passando por shoppings,parques e outros locais com grande público.

Zombies invadiram o Centro de São Paulo 2O evento é promovido via internet ou através de flyers,cartazes etc. As Zombie Walks são consideradas por muitos participantes como um evento underground. Durante o evento, os participantes se caracterizam como zumbis e se comunicam como zumbis (iguais aos filmes de horror), grunhindo, gemendo e gritando “miolos” ou “cérebros”.

Uma das primeiras Zombie Walks ocorreu em Outubro de 2003, em Toronto, Canadá, com apenas seis participantes, e obteve grande repercussão. Em 27 de agosto de 2005 ocorreu em Vancouver a primeira Zombie Walk em grande escala, com mais de 400 participantes caminhando por mais de 35 quadras no centro da cidade. A primeira Zombie Walk realizada no Brasil foi em Belém, em 29 de outubro de 2006. Em muitas outras cidades pelo mundo estão sendo organizadas outras Zombie Walks, como São Francisco, Rio de Janeiro, Montreal, Nova Iorque, Sydney, Baltimore e Seattle.

No Brasil, a Zombie Walk já ocorreu nas seguintes cidades:

  • Aracaju
  • Assis
  • Anápolis (1ª edição em 2010)
  • Araraquara
  • Goiânia
  • Bagé
  • Barretos (1ª edição em 1 de novembro de 2011)
  • Bauru
  • Belém (7ª edição em 2012)
  • Belo Horizonte
  • Blumenau (3ª edição em 2011)
  • Boituva (1ª edição em 28 de outubro de 2011)
  • Brasília
  • Caicó
  • Campos dos Goytacazes (1ª edição em 2010)
  • Campinas (2ª edição em 2010)
  • Campo Grande
  • Caruaru
  • Criciúma (1ª edição em 2 de novembro de 2012)
  • Cascavel (2ª edição em 2011)
  • Cuiabá (1ª edição em 20 de novembro de 2010)
  • Caxias do Sul (5ª edição em 2011)
  • Curitiba
  • Espírito Santo (1ª edição em 13 de novembro de 2010)
  • Florianópolis
  • Fortaleza
  • Governador Valadares (1ª edição em 3 de março de 2012)
  • Gravataí (1ª edição em 9 de abril de 2011)
  • Indaiatuba
  • João Pessoa (1ª edição em 4 de setembro de 2010)
  • Joinville
  • Jundiaí (1ª edição em 23 de dezembro de 2010)
  • Lages (1ª edição em 2010)
  • Lins (1ª edição em 13 de Julho de 2012)
  • Londrina (1ª edição em 2 de novembro de 2010)
  • Maceió
  • Manaus
  • Maringá ( 2 de novembro de 2012)
  • Natal
  • Patos de Minas
  • Pelotas
  • Piracicaba (1ª edição em 2011)
  • Poços de Caldas
  • Ponta Grossa (2ª edição em 2 de novembro de 2011)
  • Porto Alegre (6ª edição em 10 de dezembro de 2011)
  • Porto Velho (1ª edição em 2 de novembro de 2012)
  • Recife (1° edição em 2 de novembro de 2007)
  • Ribeirão Preto (1ª edição em 30 de janeiro de 2011)
  • Rio de Janeiro (1ª edição em 2 de novembro de 2007)
  • Rio Grande
  • Salvador
  • Santa Maria
  • Santana do Livramento
  • Santos
  • São Luís (1ª edição em 10 de outubro de 2009)
  • Teresina
  • São Paulo
  • Sorocaba (1ª edição em 2 de novembro de 2011)
  • Ubatuba (1ª edição em 29 de outubro de 2011)
  • Uberaba
  • Uberlândia