O presidente da desenvolvedora Eidos, empresa que cria games, Ian Livingstone, afirmou que o novo console da Microsoft, chamado atualmente  de “Xbox 720”, exige conexão permanente à Internet e terá discos com marca d’água que bloqueiam os jogos usados, podendo impossibilitar a comercialização de jogos previamente usados e possivelmente de jogos piratas.

“O próximo Xbox supostamente exige conexão à internet e os discos virão com marca d’água: jogou uma vez em um console, não vai rodar em outro. Eu acho que a próxima geração será apenas digital”, afirmou.

PlayStation 4

PlayStation 4

Boatos anteriores também apontavam que o novo Xbox não rodará jogos usados, no entanto, a Microsoft ainda não se pronunciou a respeito. Isso significaria que o PlayStation 4 e o Xbox 720 podem ser a os representantes da última geração de consoles em sua forma tradicional, com mídias físicas.

“É difícil prever porque muitos fatores entram em jogo. Mas é provável que não exista mais um console físico. A tecnologia será embutida em uma TV inteligente, conectada à Internet, e tudo será servido a partir da nuvem”, finalizou Livingstone.

A nossa colunista, ControlFreak, não ficou muito feliz com esta novidade, pois assim como muitos gamers, prefere a cópia física do jogo, para colecionar, “pegar” o game, além da beleza da arte dos discos. O receio com relação ao armazenamento destes arquivos, e a possibilidade de fragilidade no armazenamento em nuvem, também é outro fator de descontentamento.

Xbox 720

Xbox 720