A Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas (Bafta) divulgou os vencedores da edição de 2021 de seu prêmio. Entre os destaques do “Oscar Britânico”, ficou “Nomadland”, de Chloé Zhao, com quatro prêmio.

Vencedores dos Bafta 2021 3

BAFTA é a sigla de British Academy of Film and Television Arts que é a academia britânica responsável pela atribuição anual de prémios à excelência de trabalhos realizados em cinema, televisão, filmes e em outros campos do audiovisual.

Em termos de prestígio e importância, este prêmio, que antecede o Oscar, como meio de reconhecer atores, diretores, produtores e demais profissionais de cinema, televisão e artes audiovisuais.

É reconhecido também pela sua exigência e rigidez em suas análises de méritos.

Confira abaixo todos os vencedores:

Melhor filme

  • ‘Meu Pai’
  • ‘The Mauritanian’
  • ‘Nomadland’
  • ‘Bela Vingança’
  • ‘Os 7 de Chicago’

Melhor filme britânico

  • ‘Calm With Horses’
  • ‘A Escavação’
  • ‘Meu Pai’
  • ‘O Que Ficou Para Trás’
  • ‘Limbo’
  • ‘The Mauritanian’
  • ‘Mogul Mowgli’
  • ‘Bela Vingança’
  • ‘Rocks’
  • ‘Saint Maud’

Melhor direção

  • Thomas Vinterberg – ‘Another Round’
  • Shannon Murphy – ‘Babyteeth’
  • Lee Isaac Chung – ‘Minari’
  • Chloé Zhao – ‘Nomadland’
  • Jasmila Zbanic – ‘Quo Vadis, Aida?’
  • Sarah Gavron – ‘Rocks’

Melhor atriz

  • Bukky Bakray – ‘Rocks’
  • Radha Blank – ‘The Forty-Year-Old Version’
  • Vanessa Kirby – ‘Pieces of a Woman’
  • Frances McDormand – ‘Nomadland’
  • Wunmi Mosaku – ‘O Que Ficou Para Trás’
  • Alfre Woodard – ‘Clemency’

Melhor ator

  • Riz Ahmed – ‘O Som do Silêncio’
  • Chadwick Boseman – ‘A Voz Suprema do Blues’
  • Adarsh Gourav – ‘O Tigre Branco’
  • Anthony Hopkins – ‘Meu Pai’
  • Mads Mikkelsen – ‘Another Round’
  • Tahar Rahim – ‘The Mauritanian’

Melhor atriz coadjuvante

  • Niamh Algar – ‘Calm with Horses’
  • Kosar Ali – ‘Rocks’
  • Maria Bakalova – ‘Borat: Fita de Cinema Seguinte’
  • Dominique Fishback – ‘Judas e o Messias Negro’
  • Ashley Medekwe – ‘County Lines’
  • Yuh-Jung Youn – ‘Minari

 

Melhor ator coadjuvante

  • Daniel Kaluuya – ‘Judas e o Messias Negro’
  • Barry Keoghan – ‘Calm with Horses’
  • Alan Kim – ‘Minari’
  • Leslie Odom Jr. – ‘Uma Noite em Miami’
  • Clarke Peters – ‘Destacamento Blood’
  • Paul Raci – ‘O Som do Silêncio’

Astro revelação (voto do público)

  • Kingsley Ben-Adir
  • Morfydd Clark
  • Bukky Bakray
  • Ṣọpẹ́ Dìrísù
  • Conrad Khan

 

Melhor roteiro adaptado

  • Moira Buffini – ‘A Escavação’
  • Florian Zellner & Christopher Hampton – ‘Meu Pai’
  • Rory Haines, Sohrab Noshirvani & M.B. Traven – ‘The Mauritanian’
  • Chloé Zhao – ‘Nomadland’
  • Ramin Bahrani – ‘O Tigre Branco’

 

Melhor roteiro original

  • Tobias Lindholm & Thomas Vinterberg – ‘Another Round’
  • Jack Fincher – ‘Mank’
  • Emerald Fennell – ‘Bela Vingança’
  • Theresa Ikoko & Claire Wilson – ‘Rocks’
  • Aaron Sorkin – ‘Os 7 de Chicago’

 

Melhor animação

  • ‘Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica’
  • ‘Soul’
  • ‘Wolfwalkers’

Melhor filme em língua não-inglesa

  • ‘Druk – Another Round’ (Dinamarca)
  • ‘Dear Comrades!’ (Rússia)
  • ‘Os Miseráveis’ (França)
  • ‘Minari’ (EUA)
  • ‘Quo Vadis, Aida?’ (Bósnia)

Estreia notável por um escritor, diretor ou produtor britânico

  • Remi Weekes(Roteirista/Diretor) – ‘O Que Ficou Para Trás’
  • Ben Sharrock (Roteirista/Diretor) e Irune Gurtubai (Produtora) – ‘Limbo’
  • Jack Sidey (Roteirista/Diretor) – ‘Moffie’
  • Theresa Ikoko e Claire Wilson (Roteiristas) – ‘Rocks’
  • Rose Glass (Roteirista/Diretora) e Oliver Kassman (Produtor) – ‘Saint Maud’

 

Melhor documentário

  • Collective
  • David Attenborough: A Life On Our Planet
  • The Dissident
  • Professor Polvo
  • O Dilema das Redes

 

Melhor trilha sonora original 

  • Trent Reznor, Atticus Ross – ‘Mank’
  • Emile Mosseri – Minari
  • James Newton Howard – ‘Relatos do Mundo’
  • Anthony Willis – ‘Bela Vingança’
  • Jon Batiste, Trent Reznor e Atticus Ross – ‘Soul’

Melhor direção de elenco

  • Shaheen Baig – ‘Calm with Horses’
  • Alexa L. Fogel – ‘Judas e o Messias Negro’
  • Julia Kim – ‘Minari’
  • Lindsay Graham Ahanonu e Mary Vernieu – ‘Bela Vingança’
  • Lucy Pardee – ‘Rocks’

 

Melhor fotografia 

  • ‘Judas e o Messias Negro’
  • ‘Mank’
  • ‘The Mauritanian’
  • ‘Relatos do Mundo’
  • Nomadland

 

Melhor montagem 

  • ‘Meu Pai’
  • ‘Nomadland’
  • ‘Bela Vingança’
  • ‘O Som do Silêncio’
  • ‘Os 7 de Chicago’

 

Melhor design de produção 

  • ‘A Escavação’
  • ‘Meu Pai’
  • Mank
  • ‘Relatos do Mundo’
  • ‘Rebecca’

 

Melhor figurino

  • ‘Ammonite’
  • ‘A Escavação’
  • ‘Emma’
  • ‘A Voz Suprema do Blues’
  • ‘Mank’

Melhor cabelo e maquiagem

  • ‘A Escavação’
  • ‘Era uma vez um Sonho’
  • ‘A Voz Suprema do Blues’
  • ‘Mank’
  • ‘Pinóquio’

 

Melhor som

  • ‘Greyhound’
  • ‘Relatos do Mundo’
  • ‘Nomadland’
  • ‘Soul’
  • ‘O Som do Silêncio’

 

Melhores efeitos visuais 

  • ‘Greyhound’
  • ‘O Céu da Meia-Noite’
  • ‘Mulan’
  • ‘The One and Only Ivan’
  • ‘Tenet’

 

Melhor curta animado britânico 

  • ‘The Fire Next Time’
  • ‘The Owl and the Pussycat
  • ‘The Song of a Lost Boy’

 

Melhor curta britânico 

  • ‘Eyelash’
  • ‘Lizard’
  • ‘Lucky Break’
  • ‘Miss Curvy’
  • ‘The Present