A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas entregou na noite deste domingo, 04/03, os Oscars de 2017

Vencedores do Oscar 2018 7

A cerimônia começou com o apresentador Jimmy Kimmel louvando as mulheres na indústria cinematográfica e suas contribuições, sendo seguido por mulheres apresentando todas as principais premiações, quebrando o modelo vigente do ganhador do ano passado apresendo o vencedor deste ano.

Cada apresentadora discursou sobre a equiparação entre homens e mulheres e sobre as conquistas femininas, culminando com o belíssimo discurso de Frances McDormand, convocando todas as mulheres que concorreram em todas as categorias neste ano a se levantarem e serem saudadas. Um belo momento!

O tema da noite destacou se logo de início com a valorização da mulher, fim da discriminação e do assédio, mesmo sem os vestidos pretos usados em outras cerimônias.

Vencedores do Oscar 2018 8

Destaque também para a diversidade presente na cerimônia e nas premiações, tirando algumas piadas meio sem graça do apresentador Jimmy Kimmel.

Warren Beatty e Faye Dunaway foram escalados para entregar novamente a estatueta de Melhor Filme, desta vez sem nenhum deslize, premiando A Forma da Água, com o cartão conferido pessoalmente pelo seu diretor Guillermo Del Toro.

 

Premiados da noite: 

*Melhor Filme*
A Forma da Água

*Melhor Diretor/Realizador*
Guillermo Del Toro (A Forma da Água)

*Melhor Ator Principal*
Gary Oldman (O Destino de Uma Nação)

*Melhor Atriz Principal*
Frances McDormand (Três Anúncios para um Crime)

*Melhor Ator Coadjuvante*
Sam Rockwell (Três Anúncios para um Crime)

*Melhor Atriz Coadjuvante*
Allison Janney (Eu, Tônia)

*Melhor Roteiro/Argumento Original*
Jordan Peele (Corra!)

*Melhor Roteiro/Argumento- Adaptado.*
James Ivory (Me Chame Pelo Seu Nome)

*Melhor Filme de Animação.*
Viva: A Vida é uma Festa

*Melhor Filme Estrangeiro*
Uma Mulher Fantástica (Chile)

*Melhor Documentário em Longa-metragem*
Icarus

*Melhor Documentário em Curta-metragem*
Heaven is a Traffic Jam on The 405

*Melhor Curta-metragem*
The Silent Child

*Melhor Animação em Curta-metragem*
Dear Basketball

*Melhor Trilha Sonora/Banda Sonora*
A Forma da Água

*Melhor Canção Original*
“Remember Me” de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez (Viva: A Vida é uma Festa)

*Melhor Edição de Som*
Dunkirk

*Melhor Mixagem/Mistura de Som*
Dunkirk

*Melhor Direção de Arte*
Paul Denham Austerberry, Shane Vieau e Jeff Melvin (A Forma da Água)

*Melhor Cinematografia/Fotografia*
Roger Deakins (Blade Runner 2049)

*Melhor Maquiagem e Penteados.*
David Mallinowski, Lucy Sibbick e Kazuhiro Tsuji (O Destino de Uma Nação)

*Melhor Figurino/Guarda-Roupa*
Mark Bridges (Trama Fantasma)

*Melhor Edição/Montagem*
Dunkirk

*Melhores Efeitos Visuais*
(Blade Runner 2049), Gerd Nefzer, John Nelson, Paul Lambert e Richard Hoover.

 

Vencedores do Oscar 2018 9

 

Origem do Oscar

A Academia das Artes e Ciências Cinematográficas criou o Oscar em 1927. Ideia do prêmio surgiu para promover filmes e artistas.

Com 33 centímetros ev pesando 3,85 quilos, ele se chama Oscar.

O mistério da origem do nome tão comum, fato raro para um prêmio, é uma das lendas utilizadas para atrair mais a atenção.

A Academia das Artes e Ciências Cinematográficas criou o Oscar em 1927 para promover seus filmes e honrar o desempenho de atores, atrizes, diretores e outros realizadores, que competem em 24 categorias.

Originalmente, a Academia contava com 36 membros, mas hoje já soma 5.830.

O diretor de arte do estúdio Metro-Goldwyn-Mayer, Cedric Gibbons, foi eleito para desenhar a estatueta: um homem desnudo e corpulento, com os braços cruzados segurando uma espada e parado sobre um rolo de filme.

A primeira cerimônia –simples e rápida– ocorreu no dia 16 de maio de 1929 no Hotel Roosevelt de Hollywood, a poucos metros de onde atualmente são entregues os prêmios, o Teatro Kodak. Desde a primeira cerimônia, milhares de troféus foram entregues em uma festa que se tornou um evento pomposo.
As primeiras estatuetas eram de bronze, mas durante a Segunda Guerra Mundial, devido à escassez de metais, os troféus começaram a ser feitos de gesso, sendo logo substituídos pelas atuais figuras banhadas a ouro e prata.

O troféu não foi sempre chamado de Oscar, mas sua forma não mudou desde seu nascimento, exceto quando foi acrescentado um pedestal, em 1945.

Uma lenda indica que a responsável pela biblioteca da Academia e eventual diretora-executiva Margaret Herrick achava a estátua muito parecida com seu tio Oscar. Então, seus funcionários começaram a se referir à estatueta como Oscar.

Um jornalista especializado em Hollywood, Sidney Skolsky, utilizou o nome em uma coluna de 1934 ao se referir ao prêmio de melhor atriz recebido por Katharine Hepburn, e a Academia começou a utilizar o “apelido” em 1939.

A primeira cerimônia durou 15 minutos e foram distribuídas 15 estatuetas. Hoje em dia é uma transmissão de mais de três horas vista por cerca de um milhão de telespectadores no mundo.

Divulgados inicialmente através de rádio, os prêmios da Academia foram transmitidos pela televisão em preto e branco pela primeira vez em 1953, passando para a transmissão em cores em 1966.