O atorTom Hanks viverá novamente nas telas o simbologista Robert Langdon na adaptação do thriller de Dan Brown “Inferno”, desvendando os códigos mais misteriosos como o mundialmente famoso personagem que ele descreve como “o cara mais esperto da sala”.

“Inferno”, que segue o livro e filme de grande sucesso da franquia de 2003 de Brown “O Código Da Vinci”, tem seu foco na “Divina Comédia”, a obra-prima do poeta italiano Dante Alighieri.

O enredo traz Langdon seguindo uma trilha de pistas sobre o poeta em uma corrida para salvar a população mundial de uma praga mortal artificial.

A produção já está em andamento na Itália e muitas cenas serão gravadas nos principais edifícios e praças de Florença, na Itália.

“Eu gosto dele porque… há um grau de mistério e ao mesmo tempo uma grande quantidade de previsibilidade que vai junto com isso”, disse Hanks durante uma sessão de fotos para a divulgação do filme em Florença, nesta segunda-feira.

650x375_tom-hanks_1519057

Hanks comparou o papel de Langdon com o de Sherlock Holmes.

“Como um ator egoísta, eu não me importo de interpretar o cara mais esperto da sala. Não interpreto o cara mais duro, o cara mais bonito ou o mais alto…, mas vou interpretar o cara mais esperto da sala como Robert Langdon.”

O filme, que também é estrelado pela atriz britânica Felicity Jones, é dirigido por Ron Howard.

Na Trama, o renomado professor de simbologia de Harvard, Robert Langdon (Tom Hanks) visita a Itália e se envolve em mais uma aventura envolvendo símbolos ocultos e corporações secretas. Ele se vê em uma jornada em que procura desvendar os mistérios do clássico da literatura “O Inferno”, de Dante Alighieri.

No livro Inferno seguimos Robert Langdon de volta para o coração da Europa, onde ele se entrelaça em um mistério com ramificações globais, ligado aos detalhes sinistros e verdadeiramente fascinantes da obra magistral de Dante.

Inferno_livro