Texto da jornalista americana Andrea Behr, em versão para o Brasil.

Como a mais velha fangirl de “Sherlock ” no mundo , eu venho tentando me distrair da espera interminável da terceira temporada do show da BBC ONE, Sherlock, (um ano e meio!) mas quase no fim da espera, resolvi assistir “Elementar “, da CBS, uma série que começou após a segunda temporada de “Sherlock ” e está agora em sua própria segunda temporada.

Ambos os shows pretendem atualizar o amado personagem criado por Arthur Conan Doyle nas histórias de Sherlock Holmes, colocando Holmes e seu amigo e companheiro de quarto, o Dr. Watson nas séries “Sherlock ” em Londres e “Elementar “, em Nova York .

PaperFreak da semana - Sherlock e Watson

Mas o que , eu comecei a me perguntar, enquanto assistia a segunda melhor atualização do personagem, “Elementary” é uma homenagem à ” Sherlock “, ou apenas uma patética cópia ?

Referências a Conan Doyle são uma coisa, ambos os shows usam grandes colheres de diálogos originais , adereços , situações, enredos , personagens, etc, em seus scripts. Não é só esse jogo justo, mas parte da diversão de “Sherlock”, na verdade , está em encontrar estas referencias.

Por exemplo, uma longa série de deduções que Holmes (de Conan Doyle), originadas somente por olhar para o relógio de bolso de Watson, foram transpostas quase palavra por palavra , em “Sherlock “, só que agora é sobre o celular de John . E onde nas histórias originais , Watson escreve artigos de revistas sobre seus casos – “Eu estaria perdido sem meu Boswell” (referência a James Boswell (29 de outubro de 1740, Edinburgh, Escócia – 19 de maio de 1795), advogado e biógrafo escocês), Holmes diz, em “Sherlock “, John tem uma maneira moderna de fazer a mesma coisa : “Eu ficaria perdido sem meu blogger ” , afirma Sherlock .

Elementary

“Elementary” também toma emprestado de Conan Doyle. Há uma Irene Adler, um inspetor de polícia Gregson da polícia de NY , um arquiinimigo Moriarty, um interesse em apicultura. “Elementary não é realmente um show ruim , exceto em relação ao “Sherlock “, é claro !

É um show polícial bem trabalhado, com algumas parcelas inteligente de mistério, e Jonny Lee Miller é um Sherlock decente. Ele tem um rosto bonito e é muito bom em fazer um olhar emotivo e vulnerável, o que ele faz em cada episódio como alívio de sua arrogância e impaciência habituais. ( Eu só gostaria que ele largasse o vício de esticar o pescoço e encolher o queixo. Nada atraente.)

Miller é um Sherlock mais grosseiro do que o seu homólogo da BBC One , interpretado por Benedict Cumberbatch .  O Sherlock de Miller é coberto com tatuagens e gosta de levar prostitutas para casa( fato ocorrido em 3 episódios, a primeira foi pessoal, a segunda vez uma armadilha e na terceira uma cliente), enquanto Sherlock de Cumberbatch usa antiquados roupões em casa e pode muito bem ser virgem.

Mas Miller é um pouco mais “humano”, tem vestígios de um sentido moral. (Na verdade, ambos são muito mais desagradáveis do que o Sherlock original , que era basicamente um cavalheiro vitoriano em seu comportamento e valores , apesar de suas excentricidades e seu uso ocasional de cocaína para vencer as dificuldades entre os casos. Mas suponho que ambos podem ter sido influenciado pela grosseria do Dr. House, provavelmente, o Sherlock mais desagradável de todos.)

Em “Elementary ” Lucy Liu interpreta Joan Watson , geralmente soando como se estivesse recitando o script, fingindo ter emoções. E por que é o nome dela é Watson ? Ela é chinês americana , como o resto de sua família na série , e ela nunca foi casada . Além disso, as roupas que ela usa são deploráveis, e tão curtas! Suas pobres coxas devem estar congeladas o tempo todo.

Quando “Elementar ” homenageou ” Sherlock ” referenciando o meme “Eu acredito em Sherlock “, foi divertido. Mas a maior parte dos empréstimos não são esse tipo de alusão diretas, e eles não vêm do personagem original .

As “imitações” de “Elementary ” começam logo no início, com os títulos iniciais, quase idênticos ao da série inglesa. E eles daí seguem. Ambos Sherlocks , ao contrário do original, têm uma relação antagônica e um pouco infantil com o seu irmão Mycroft . O Sherlock da BBC ONE, como o original, não se importa com nada , mas diz que o céu noturno é belo : ” Não significa que eu não possa apreciá-lo. ” O Sherlock de Miller não aprova alimentos muito “elaborados”, mas ” não quer dizer que não pode apreciá-los”, citando a fala dele ao irmão durante um jantar preparado por este.

Antes de John mudar para o 221B, o Sherlock de Cumberbach só tinha um crânio que ele mantinha sobre a lareira para poder conversar, já o Sherlock de Miller diz Joan que ele usou para conversar com um busto frenologia que tinha em seu estúdio em Londres.

A Irene Adler da BBC One é uma dominatrix elegante ; e em um episódio de ” Elementary ” aparece uma dominatrix empunhando um chicote idêntico ( mas, novamente, sem um pingo da classe da versão britânica).

Na BBC ONE, Sherlock e John vão a passos largos através de Trafalgar Square até um conjunto de escadas, na CBS, Sherlock e Joan vivem em Nova York, mas ao visitar Londres , eles vão para o mesmo conjunto de escadas e caminham através de Trafalgar Square.

Em “Sherlock ” há uma cena em que John e Sherlock estão assistindo na TV a prisão de um assassino. Vemos o homem pela janela de trás de um carro da polícia , com a cabeça baixa e para o lado , com o rosto pálido e sombrio. Ele está cercado por um bando de repórteres e fotógrafos . Em “Elementary ” … bem, exatamente a mesma coisa .

E há muitos exemplos menores : Ambos Sherlocks dizem à polícia : “Errado , errado, errado , errado, errado , ” fazer com que o telefOne de todo mundo para tocar ao mesmo tempo e, geralmente, antagonizar os policiais pelo seu comportamento desagradável. Um grande ponto de ambas as séries é fazer ambos não serem pagos para consultar com a polícia.

Ambos Sherlocks facilmente e sem pausa permissão para John ou Joan usam seus computadores ou telefones , embora sejam protegidos por senha . As cozinhas de ambos Sherlocks são uma bagunça. Ambos Sherlocks ter um quadro de avisos onde eles postam pedaços de papel relativos à investigação.

Eu poderia continuar , mas você começa a ter uma ideia.

Bem, felizmente para “Elementary”, a terceira temporada de “Sherlock” começa a 19 de janeiro no canal BBC ONE. Assim terá coisas novas para copiar…

Sherlock vs Elementary...Qual a melhor?

Texto de Andrea Behr, jornalista do San Francisco Chronicle traduzido para o portugues. Este texto reflete as opiniões da autora original.

Sherlock : Terceira temporada estreiou no dia 01 de janeiro na BBC ONE.

Elementary: 22h, às quintas-feiras na CBS.

Sherlock:

Elementary: