O ator que deu vida a um dos personagens mais e cônicos da ficção científica morreu nesta terça-feira, 08/02/2017, aos 71 anos.

Richard Hatch, conhecido dar vida ao Capitão Apolo do filme e da série televisiva “Battlestar Galactica” (também conhecida como “Galactica: Astronave de Combate” no Brasil), sucessos do fim da década de 1970, batalhava contra um câncer avançado no pâncreas.

O papel de Capitão Apolo na série original, que durou apenas uma temporada (1978-1979), rendeu a ele uma indicação ao Globo de Ouro de melhor ator. Já no reboot da série, Hatch voltou à franquia como Tom Zarek, um líder político oportunista.

Hatch foi ainda Karl Maden, o adversário do policial Dan Robbins na quinta e última temporada (1976-1977) de “The Streets of San Francisco”, aclamado drama da ABC. Ele substituiu Michael Douglas na série.
Mas foi por “Battlestar Galactica” que ele se apaixonou.

Ao longo de sua carreira, ele assinou ainda três livros que deram sequência às aventuras da série original. Em 1999, antes da nova versão da série ir ao ar, Hatch sugeriu seu “Battlestar: The Second Coming” como um possível revival, produzindo um trailer do piloto, mas o projeto não evoluiu.

Ele era também figura frequente em convenções de fãs, apresentando painéis de “Battlestar galactica” na San Diego Comic-Con e na Dragoncon.
“No meu caso, ‘Battlestar galactica’ foi um marco histórico. Ela me permitiu viver meus sonhos e fantasias de infância”, disse, em entrevista ao seu site oficial.
Hatch deixa um filho, Paul.