A Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial regras sanitárias que serão exigidas na reabertura dos cinemas da cidade.

Prefeitura estabelece regras sanitárias para reabertura de cinemas em SP 3

Os cinemas poderão reabrir quando a capital passar para a fase verde do Plano São Paulo de flexibilização —atualmente, está na fase amarela.

De acordo com o protocolo estabelecido pela gestão municipal, os cinemas poderão receber clientes em um período de 8 horas por dia, com espaçamento entre as poltronas, com utilização obrigatória de máscaras em todos os ambientes e com as salas operando com 60% da capacidade.

Quem comprar ingressos conjuntamente, porém, como casais, por exemplo, poderão assistir aos filmes lado a lado.

A prefeitura estabeleceu que, para evitar aglomerações, o ideal é que os cinemas priorizem as vendas de ingressos pela internet.

A previsão da prefeitura em agosto era de que a capital avançasse para a fase verde na segunda quinzena de setembro.

De acordo com o governo de São Paulo, foi registrada na última semana uma queda de 13,5% no número de mortos pela covid-19.

Todos os ambientes do cinema deverão ser submetidos “a um intenso processo de desinfecção prévia, especialmente as áreas de processamento ou venda de alimentos, os banheiros e as áreas de acesso público, seguindo as indicações das autoridades sanitárias e dos profissionais pertinentes”.

Assim como ocorre em outros ambientes em São Paulo, quem quiser ir ao cinema durante a pandemia será submetido a exame de medição de temperatura.

Qualquer pessoa que esteja com sintomas de gripe ou que esteja com febre não terá a entrada permitida.