Senhas do banco, do cartão de crédito, do Facebook, Twitter, Google +, vários e-mails, celular, tablet, PC….Uma das coisas mais difíceis nos dias de hoje  é conseguir lembrar todas as senhas. Para ajudar os esquecidinhos, a Motorola e o Google estão desenvolvendo um projeto que transforma o corpo do usuário em uma espécie de “token de autenticação”, dispositivo eletrônico gerador de senhas, bastando para o usuário, ingerir uma pílula.

A pílula apelidada de “autenticação vitamínica” traz uma bateria alimentada pelo ácido presente no estômago humano, sendo capaz de produzir um sinal de 18 bits que pode ser lido por dispositivos móveis. Assim o software pode verificar a identidade do indivíduo.

A invenção já foi certificada como um remédio seguro pela FDA, órgão norte-americano que regulamenta alimentos e medicamentos. Cada comprimido pode ser ingerido diariamente por um mês.

Com a pílula, pretende-se  que os dispositivos eletrônicos sejam capazes de ler o sinal único sem a necessidade de senhas ou formulários de identificação.

pilula-podera-substituir-a-necessidade-de-senhas-em-aparelhos