Onde estava a Liga da Justiça durante o Esquadrão Suicida 11

O filme da Liga da Justiça canônica do DCEU termina com cada um dos heróis ainda ativos, então por que eles não aparecem durante os eventos mostrados em Esquadrão Suicida, quando são necessários?

O Esquadrão Suicida de James Gunn naturalmente depende dos anti-heróis e vilões na Força-Tarefa X, mas a Liga da Justiça certamente teria sido uma escolha melhor contra Starro.  Então, onde estavam Batman, Superman e os outros membros da Liga durante os eventos da “não exatamente” sequência do Esquadrão Suicida de James Gunn?  E por que eles não apareceram?

Onde estava a Liga da Justiça durante o Esquadrão Suicida 12Dados os pós-créditos mostrados no final do Esquadrão Suicida de David Ayer, com Bruce Wayne revelando a Amanda Waller que ele sabe sobre a Força-Tarefa X, qualquer atividade da equipe certamente deve ter sido detectada  no radar do Cavaleiro das Trevas, mas o Batman de Ben Affleck não está em lugar nenhum quando a Força-Tarefa X é enviada para impedir que os segredos sujos da América caiam em mãos erradas, destruindo Starro, o Conquistador.  Certamente a visão de calor do Superman teria sido um meio melhor de destruir Jotunheim do que a equipe do Bloodsport enchendo a estrutura com C4.

Onde estava a Liga da Justiça durante o Esquadrão Suicida 13

A questão realmente não é onde eles estavam, mas por que eles não estão envolvidos na luta contra Starro e a resposta é tripla.

Onde estava a Liga da Justiça durante o Esquadrão Suicida 14

Em primeiro lugar, a missão que Amanda Waller destina à Força-Tarefa X é secreta, por causa da natureza do envolvimento do governo dos Estados Unidos no Projeto Starfish.

Em segundo lugar, o plano nunca foi realmente parar Starro, mas sim impedir que o envolvimento dos EUA fosse descoberto e, finalmente, enviar o  Liga da Justiça seria muito perigoso (mesmo com alguém trabalhando para ARGUS para destruir a unidade).  Eles eram muito perigosos como indivíduos superpoderosos e perder um membro da Liga da Justiça para Starro teria sido um desastre que nem mesmo Amanda Waller poderia encobrir.

Onde estava a Liga da Justiça durante o Esquadrão Suicida 15

Cronologicamente falando, “ O Esquadrão Suicida” segue os eventos de “Aves de Rapina”, porque Harley Quinn não está mais envolvido com o Coringa de Jared Leto.  Em termos canônicos, conforme estabelecido no final da edição de Joss Whedon da Liga da Justiça, os super-heróis se espalharam, mesmo quando Batman e a Mulher Maravilha montaram uma base de operações no Hall da Justiça.

Ambos ainda operavam como heróis públicos, assim como o Superman, na suposta época do Esquadrão Suicida, o que torna sua inatividade ainda mais estranha. Os outros heróis têm mais uma desculpa (na versão do Whedon): Barry Allen estava trabalhando com Central City PD, Cyborg estava explorando suas habilidades com seu pai e Aquaman voltou a proteger os mares.

Mas a razão para a Liga da Justiça ficar de fora do ataque de Starro é que o governo dos Estados Unidos protegeria os detalhes do Projeto Starfish até mesmo o mais alto nível de autorização.  Presumivelmente porque a Liga faria objeções à experimentação em inocentes, que era a chave do projeto. E convocar a Liga da Justiça para derrubar Starro teria sido uma catástrofe potencial sem explicar o que Starro era, já que o alienígena poderia virar os super-heróis mais poderosos do mundo contra aqueles que eles procuravam proteger.

Mesmo com essa lógica impedindo-os de serem enviados como uma primeira onda, o fato de que eles não aparecem para proteger os cidadãos de Corto Maltese quando Starro foge, dado que o fato foi divulgado em todos os noticiários na América, levanto o questionamento do por que a Liga da Justiça não se envolveu no ocorrido, sugerindo uma incapacidade no assunto.

Ainda assim, o Esquadrão Suicida teria perdido a chance de conceder aos seus anti-heróis sua chance de liberdade e redenção, se nomes como Superman e Batman aparecessem, então não foi a pior decisão fazê-los parecer temporariamente incompetentes.