Cinema ao ar livre será instalado no estacionamento da Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, de 1º a 23 de agosto

Novo Drive-In Paradiso: Filmes nacionais gratuitos para todos os públicos 1
Se as sessões de cinema nas salas convencionais estão suspensas por conta da pandemia, o prazer de assistir a filmes no ritual coletivo vem encontrando uma forma de ser mantido. O Projeto Paradiso, iniciativa filantrópica do Instituto Olga Rabinovich, lança o Drive-in Paradiso – correalização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Spcine, parceria do Cine Autorama e apoio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) – uma sala de cinema ao ar livre para que o espectador assista aos filmes gratuitamente dentro de seu carro.

O Drive-in Paradiso será instalado no estacionamento da Assembleia Legislativa de SP – Alesp, no Ibirapuera, de 1º a 23 de agosto.

A curadoria é de Marina Person e tem como foco a celebração das produções nacionais que emocionam. Serão disponibilizados ingressos para cem carros por sessão, que deverão ser reservados pela plataforma on-line de eventos Sympla. Cada carro pode ter até quatro pessoas.

O Drive-in Paradiso é uma grande celebração do talento e da diversidade do cinema nacional. A programação conta com a faixa #vidasnegrasimportam, sob co-curadoria de Rayanne Layssa exclusivamente dedicada a filmes de diretores negros brasileiros, que abre com a exibição do longa “Café com Canela”, de Glenda Nicácio e Ary Rosa, premiado no 50º Festival de Brasília. Na sequência, a pré-estreia do longa de Caru Alves, “Meu nome é Bagdá” (vencedor do prêmio do júri na mostra Generation do Festival de Berlim neste ano). O primeiro dia do Drive in Paradiso termina com o icônico “Central do Brasil”, de Walter Salles, dentro da homenagem aos grandes clássicos brasileiros que continua ao longo do mês.

No primeiro domingo de programação há espaço para o infantil “As Aventuras do Avião Vermelho”, a biografia musical “Elis” e ainda a comédia “De Pernas pro Ar 3”.

As sessões serão realizadas aos sábados e domingos, às 17h, 20h e 23h.

Ao longo de agosto, serão exibidos outros sucessos do audiovisual nacional, como “Bacurau” em sessão dupla com filme surpresa escolhido pelo diretor Kleber Mendonça Filho e “Pacarrete”. Antes dos longas, ainda haverá a exibição de curtas-metragens produzidos por cineastas das periferias de São Paulo para o projeto Curta em Casa – realizado durante a pandemia pelo Projeto Paradiso em parceria com o Instituto Criar de Cinema, TV e Novas Mídias e a Spcine.

“O que mais me empolgou nessa curadoria foi a possibilidade de trazer filmes que fazem parte da memória afetiva brasileira, com títulos que foram grandes sucessos de bilheteria, quanto de exibir outros que provocam reflexões sobre o momento que estamos vivendo”, afirma a curadora Marina Person.

Para a diretora do Instituto Olga Rabinovich, Josephine Bourgois, “o Projeto Paradiso tem como missão apoiar talentos brasileiros e conectar as obras audiovisuais ao público. A pandemia afetou radicalmente a produção e a exibição do cinema em todo o mundo e enxergamos nessa iniciativa uma forma de apoiar o cinema nacional”.

De acordo com o secretário municipal da Cultura, Hugo Possolo, o projeto oferece uma programação gratuita de qualidade com o devido distanciamento social, fazendo com que a premissa do “Cultura Presente” tenha mais força ainda. “A pandemia nos obrigou a pensar em diferentes formas de manter a oferta de cultura para a população e o Drive-In Paradiso se apresenta como uma excelente alternativa”, aponta Possolo.

A presidente da Spcine, Laís Bodanzky, também ressalta a importância do projeto ser gratuito. “O drive-in é a única oportunidade que temos no momento de relembrar a experiência do cinema e, quem diria, nos novos tempos, temos a volta de um cinema à moda antiga. Além do formato, o grande diferencial é a gratuidade do projeto, que possibilita que mais camadas da população tenham acesso ao cinema brasileiro de qualidade”, explica Laís.

Com a exibição da campanha #juntospelocinema antes das sessões, o Drive-in Paradiso se junta a esta ação que reúne exibidores, distribuidores, produtores, e parceiros da indústria audiovisual no Brasil para resgatar a experiência de imersão dos espectadores nas salas de cinema.

Drive-in com impacto social positivo

Toda a produção do Drive-in Paradiso foi pensada com objetivo de impactar positivamente a cidade. Além de ser gratuito, fazem parte do time de produção mulheres egressas do sistema prisional, selecionadas pelo Instituto Responsa, que têm aprendido um novo ofício em produções de eventos.

O Drive-in Paradiso também recebe os selos de Evento Neutro e Sou Resíduo Zero, iniciativas que nascem sob o compromisso de quantificar e compensar todas as emissões de gases de efeito estufa em todas as etapas da produção e converte em apoio financeiro a projetos ambientais brasileiros, neste caso será o Ecomapuá, no Pará. No espaço também haverá triagem e separação de resíduos produzidos pelos carros. Os motoristas receberão um saquinho de lixo na entrada para entregá-los à produção ao final do evento com seus resíduos.

O consumo de energia renovável também é um dos pontos importantes do Drive-in Paradiso. O abastecimento do espaço comum de atendimento ao público como estacionamento, banheiros, bomboniere será feito por meio da plataforma CineSolar.

Sobre o Projeto Paradiso

O Projeto Paradiso, uma iniciativa filantrópica do Instituto Olga Rabinovich, investe em formação profissional e geração de conhecimento com programas de bolsas e mentorias, além de cursos, seminários e estudos. Focado na internacionalização, o Projeto Paradiso atua por meio de parcerias com instituições de referência no Brasil e no mundo, criando oportunidades para profissionais em diferentes fases da carreira.

Em pouco mais de um ano de existência do Projeto Paradiso são 33 profissionais brasileiros do audiovisual beneficiados, nove projetos selecionados pela Incubadora Paradiso, 19 bolsas de estudo internacionais, 29 instituições parceiras e nove mentores nacionais e internacionais, além de 14 cursos e masterclasses oferecidos.

SERVIÇO
Local: Estacionamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – Alesp (Av. Pedro Álvares Cabral, 201– Ibirapuera)
Lançamento: Sábado, 1 de agosto de 2020
Dias de funcionamento: Sábados e domingos
Horários: 17h, 20h e 23h
Classificação indicativa: conforme a programação de filmes
Acesso: Gratuito (reserva de ingressos pelo Sympla a partir de 28.07)
Capacidade: 100 carros estacionados
Acessibilidade: banheiros acessíveis

Programação

17h
Sessão #vidasnegrasimportam
Café com Canela
Direção: Glenda Nicário e Ary Rosa
Ano: 2017
Classificação: 14 anos
Duração: 103 minutos
Gênero: Drama
Sinopse: Recôncavo da Bahia. Margarida vive em São Félix isolada pela dor da perda do filho. Violeta segue a vida em Cachoeira, entre adversidades do dia a dia e traumas do passado. Quando elas se reencontram, inicia-se um processo de transformação, marcado por visitas, faxinas e cafés com canela, capazes de despertar novos amigos e antigos amores.

20h
Pré-estreia
Meu Nome É Bagdá
Direção: Caru Alves de Souza
Ano: 2019
Duração: 100 minutos
Gênero: Drama
Sinopse: Bagdá (Grace Orsato) é uma jovem skatista de 16 anos que passa os dias ao lado dos amigos, fazendo manobras na pista local, fumando maconha e jogando baralho. Aos poucos ela se aproxima de Vanessa (Nick Batista), estimulada a participar do grupo. Juntas, elas conhecem outras meninas skatistas e estreitam laços de amizade.

23h
Clássicos Brasileiros
Central do Brasil
Direção: Walter Salles
Ano: 1998
Classificação: 12 anos
Duração: 120 minutos
Gênero: Drama
Sinopse: Dora (Fernanda Montenegro) trabalha escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Ainda que a escrivã não envie todas as cartas que escreve – as cartas que considera inúteis ou fantasiosas demais -, ela decide ajudar um menino (Vinícius de Oliveira), após sua mãe ser atropelada, a tentar encontrar o pai que nunca conheceu, no interior do Nordeste.

DOMINGO, 02.08.2020

17h
Sessão Infantil
As Aventuras do Avião Vermelho
Direção: Frederico Pinto e José Maia
Ano: 2014
Classificação: Livre
Duração: 100 minutos
Sinopse: A trama apresenta a história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe há pouco tempo, tornando-se um garoto solitário, sem amigos e com problemas de relacionamento com o pai e na escola. Sem saber como lidar com a situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes. Nada funciona até que ele dá para o filho um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka. A bordo do Avião Vermelho e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho e Chocolate, que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados, como a Lua e o fundo do mar, e percorre diferentes territórios – África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, ele descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai.

20h
Biografias Musicais
Elis
Direção: Hugo Prata
Ano: 2016
Classificação: 14 anos
Duração: 105 minutos
Gênero: Drama
Sinopse: Cantora desde a infância, Elis Regina Carvalho Costa (Andreia Horta) entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seu talento pelo Brasil a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli (Gustavo Machado), com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a “Pimentinha” não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil, em carreira marcada por altos e baixos.

23h
Grandes Comédias
De Pernas pro Ar 3
Direção: Julia Rezende
Ano: 2018
Classificação: 14 anos
Duração: 108 minutos
Gênero: Comédia
Sinopse: O sucesso da franquia Sex Delícia faz com que Alice (Ingrid Guimarães) rode o mundo, visitando os mais diversos países em uma correria interminável. Sem tempo para se dedicar à família, quem assume a casa é seu marido João (Bruno Garcia), que cuida dos filhos Paulinho (Eduardo Mello) e Clarinha (Duda Batista), de apenas seis anos. Cansada de tanta agitação, Alice decide se aposentar e entregar o comando dos negócios à sua mãe, Marion (Denise Weinberg). Porém, o surgimento de Leona (Samya Pascotto), uma jovem competidora, faz com que mude seus planos.

Protocolo sanitário – cuidados com o público:

– Ocupação de até quatro pessoas por veículo, com uso obrigatório de máscara
– Ingressos gratuitos adquiridos online e recebidos diretamente no celular/tablet
– Leitura de ingressos realizada à distância, através de leitores ópticos
– Todos os ocupantes do veículo terão as temperaturas aferidas
– O público não terá contato com a equipe de produção e somente poderá sair do veículo para uso dos sanitários (acendendo o pisca-alerta dos carros para que alguém da produção os acompanhe até à área dos sanitários)
– Os sanitários estarão equipados com lavatórios, sabão e álcool em gel 70%
– Todos os sanitários serão higienizados após cada uso
– Será disponibilizada uma ambulância UTI durante todo o período do evento