O ator René Auberjonois, o comissário Odo de Star Trek: Deep Space Nine, morreu neste domingo, 08/12/2019, aos 79 anos, vitimado por uma metástase de câncer no pulmão. Ele deixa a sua esposa Judith e dois filhos, Tessa e Remy.

Morre o ator René Auberjonois aos 79 anos 3

Nascido em Nova York, em 1 de junho de 1940, René Murat Auberjonois fez vários papéis marcantes ao longo de sua extensa e bem-sucedida carreira como ator. Além de Odo, ele foi celebrado como Clayton Endicott III, no seriado Benson.

Mais recentemente, marcou em seu papel como o advogado Paul Lewiston, em Justiça Sem Limites, onde trabalhou ao lado de William Shatner.

A família de René mudou-se para Paris após a Segunda Guerra, onde ele decidiu tornar-se ator. Quando voltaram aos Estados Unidos, juntaram-se a uma colônia de artistas no estado de Nova York, ao lado de figuras como Burgess Meredith, John Houseman e Helen Hayes.

Em 1963, casou-se com Judith Mihalyi, com quem teve dois filhos.

Auberjonois recebeu o prêmio Tony de teatro em 1970, pelo papel de Sebastian Baye em Coco, atuando com Katharine Hepburn. Posteriormente, colheu outras três indicações ao prêmio, por outros papéis.

No cinema, teve papel relevante no filme O Patriota, estrelado por Mel Gibson. Em Star Trek, além de Odo, fez participações no filme Jornada nas Estrelas VI: A Terra Desconhecida e em Enterprise. Ao longo da carreira, também dublou diversos personagens em animações (dentre elas o clássico A Pequena Sereia, da Disney) e videogames.

Entre os fãs brasileiros, será sempre lembrado por sua participação na StarCon de agosto de 2018, em que foram comemorados os 25 anos de Deep Space Nine. Na ocasião, como ao longo de sua vida, mostrou-se atencioso, amoroso e absolutamente generoso com os fãs. Sua ausência será muito sentida.