O ator Nigel Terry, mais conhecido por seu desempenho como o Rei Arthur, no filme de John Boorman “Excalibur” de 1981, morreu de enfisema no dia 30/04/2015, aos 69 anos.

Sua primeira grande aparição veio em 1968, no filme de Anthony Harvey , “Leão no Inverno”, onde interpretou o príncipe João ao lado de Peter O’Toole e Katharine Hepburn. O ator britânico passou anos sem outro grande papel até “Excalibur”, também estrelado por Helen Mirren como Morgana e Nicol Williamson como Merlin.

Terry interpretou o pintor italiano, nofilme de 1986 “Caravaggio”, dirigido por Derek Jarman. Ele e Jarman trabalharam juntos em mais quatro filmes: “The Last of England” (1988), “War Requiem” (1989), “Edward II” (1991) e “Blue” (1993).

Nigel Terry nasceu em Bristol e estudou na Escola Central de Londres de Expressão e Drama. Trabalhou extensivamente no teatro, incluindo produções no Royal Shakespeare Company (incluindo ligações em “A Duquesa de Malfi” e o ​​papel-título de “Péricles, Príncipe de Tiro”), a Corte Real, Teatro Nacional, Bristol Old Vic ea Oxford Playhouse.

Terry desempenhou um sacerdote troiano e conselheiro do rei Príamo, interpretado por O’Toole, no filme de Wolfgang Petersen,”Troy”, seu último papel importante no Cinema.

Outros filmes de Terry incluem “Deja Vu” em 1985 e o filme de terror de 2002 “FearDotCom.”

Trabalhou também extensivamente na televisão, incluindo a série britânica “Covington Cross” nos anos 90 como Sir Thomas Grey. Outros trabalhos na Tv incluem “Guerra do Foyle”, “MI-5”, “Marple de Agatha Christie” e “Dr. Who. ”

Nigel-Terry