A Marvel desenvolveu um super-herói surdo em 2012 chamado The Blue Ear, para convencer um garotinho, então com quatro anos de idade, Anthony Smith, que desistiu de seus aparelhos auditivos por frustração e os enterrou na areia, que nem a deficiência pode impedir alguém de ser um super-herói.

O Blue Ear Azul uniu forças com o Gavião Arqueiro naquela época, e vai estar ao lado de uma nova super-heroína com deficiência auditiva, Sapheara.

Sapheara usa implantes cocleares, e foi criada pela Marvel Soluções Personalizadas e pelo instituto de Audição Infantil de Nova York.

 

 

Marvel cria heroína surda para inspirar crianças (1)

Lançada no instituto de Audição Infantil de Nova York e pela Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, a série “Efeitos Sonoros” de quadrinhos da Marvel mostra a nova heroína, juntamente com seu parceiro, que foi renomeado em homenagem ao menino que o inspirou, em parceria com Homem de Ferro para combater o crime, bem como educar as crianças sobre como usar corretamente e manter aparelhos auditivos.

A história em quadrinhos mostra que, assim como o Demolidor, que tem deficiência visual, não significa que você não pode ser um super-herói. Ao lado de várias das pessoas que trabalham duro por trás do projeto, o Homem de Ferro fez uma aparição para endossar seus novos amigos.

Dr. Ronald Hoffman, o diretor do Instituto de ouvido na Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, em Nova York, criou originalmente a idéia para a nova dupla, em um esforço para encorajar a confiança para as crianças com surdez total ou parcial e suas famílias.

Dr. Hoffman disse:

“Tendo Sapheara como um recurso para o entretenimento e educação, é possível ajudar muito mais pacientes a receberem as avaliações e os cuidados de que necessitam para levar uma vida ativa e engajada”.

A revista em quadrinhos será distribuído para cerca de 150 mil alunos, que vão de 3 a 7 ª série, em Nova York.

Marvel cria heroína surda para inspirar crianças (2)