Lançamento do livro Turma da Mônica no País das Olimpíadas

/, Comics, Compras, Cultz, Dicas/Lançamento do livro Turma da Mônica no País das Olimpíadas

 

A riqueza cultural da terra do Sol Nascente está presente em Turma da Mônica – Uma Viagem do Brasil ao Japão, de Mauricio de Sousa e José Santos, um lançamento da Editora Melhoramentos

Lançamento do livro Turma da Mônica no País das Olimpíadas 1

Mais uma vez, os personagens de Mauricio de Sousa arrumam as malas e embarcam em uma grande aventura. Em Uma Viagem do Brasil ao Japão, a Turma da Mônica dá um mergulho na cultura do povo da Terra do Sol Nascente.

Tudo começa quando Mônica ganha um concurso de redação que reuniu concorrentes de escolas brasileiras, o É agora, Japão! O prêmio? Uma viagem ao país que sediará as próximas Olimpíadas, em 2020. E o melhor de tudo: ela podia levar até seis acompanhantes! Ou seja, a turma toda, contando, claro, com sua mãe, dona Luísa, para ficar de olho nessa garotada.

Se o grupo já era grande, ficou ainda maior quando eles descobriram que o seu Takeda, o avô de Keika, também ia embarcar para o Japão na mesma data. Ele é inventor e foi convidado a apresentar sua mais nova criação, o gato-robô Neko, na Feira de Robótica de Tóquio. Seu Takeda ficou radiante, pois teria a oportunidade de encontrar sua neta Keika, que está fazendo intercâmbio junto com o amigo Tikara.

Imagine conhecer toda a riqueza da cultura japonesa com essa turma? Para ajudar a contar essa história, Mauricio de Sousa recebeu a ajuda do escritor José Santos. Eles já tinham trabalhado juntos em outros três livros: Turma da Mônica – Uma Viagem a Portugal, Turma da Mônica – Uma Viagem à América Latina e Turma da Mônica – Uma Viagem aos Países de Língua Portuguesa.

“Essa era uma ideia antiga, já que a comunidade japonesa é muito presente no Brasil. E Mauricio tem vários personagens de origem japonesa, como o Hiro – da turma do Chico Bento -, Tikara, Keika, seu Takeda, entre outros. Além disso, este ano o Japão é o país homenageado na Bienal do Livro”, explica José Santos. Os personagens Tikara e Keika foram criados por Mauricio de Sousa há dez anos, em comemoração ao centenário da imigração japonesa para o Brasil.

A turma conhece o Japão de norte a sul, passando por cidades como Tóquio e Hiroshima, as ilhas de Okinawa, entre outros lugares. Mas a aventura não acaba com a volta ao Brasil. O concurso que Mônica venceu tinha um bônus: ela e a turma visitariam também quatro cidades brasileiras: São Paulo/SP, Manaus/AM, Campo Grande/MS e Assaí/PR. “São lugares onde a presença nipônica é notada. Em Assaí, pequena cidade do norte do Paraná, encontramos a maior porcentagem de japoneses, são 18% da população”, observa o escritor.

O leitor também ganha alguns presentes extras nesta obra. Ao final de cada capítulo, um quadro reúne diversas curiosidades sobre as localidades visitadas. Tem mais, como revela José Santos: “Além das crônicas de viagem, o livro apresenta mais de 200 palavras em japonês, e suas respectivas traduções, um trabalho de muita precisão e dedicação da tradutora Drik Sada. E os pequenos leitores ainda poderão acessar um vídeo no YouTube com a pronúncia de todas as palavras em japonês que estão no livro”.

Sobre os autores

Ocupante da cadeira número 24 da Academia Paulista de Letras desde 2011, Maurício de Sousa, 83 anos, nasceu numa família de poetas e contadores de história do interior paulista. Tinha 19 anos quando chegou à capital do estado para tentar um emprego de ilustrador no jornal Folha da Manhã (atual Folha de S.Paulo) e acabou empregado como repórter policial. Não desistiu do desenho e, em 1959, publicou sua primeira tira diária, com histórias do garoto Franjinha e seu cãozinho Bidu. Foi o primeiro passo para montar um estúdio onde dá vida, hoje, a mais de trezentos personagens. O mais famoso deles, a menina dentucinha e sabichona, nasceu em 1970, com o lançamento da revista Mônica. No ano seguinte, Maurício recebeu o “Oscar” do mundo dos quadrinhos, o troféu Yellow Kid, em Lucca, na Itália. Seus quadrinhos já venderam mais de 1 bilhão de revistas mundo afora. E, das revistas, seus personagens passaram para o teatro, o cinema, a televisão, a internet e estão até em parques temáticos.

José Santos – Mineiro da cidade de Santana do Deserto, José Santos acompanhava, mesmo antes de aprender a ler, as histórias de Horácio, Astronauta e Piteco nos suplementos literários dos jornais – personagens que, certamente, contribuíram com o seu processo de alfabetização. Começou a escrever para crianças depois do nascimento de seus filhos Miguel e Jonas. De lá para cá, já publicou mais de 45 livros, de poesia e de prosa, com temas bem variados como folclore, terror, moda, astronomia, futebol, fábulas, música e língua portuguesa. Com um deles, A Divina Jogada, ganhou o prêmio Jabuti. Com outro, Infâncias, daqui e de além-mar, fruto de uma parceria com o poeta português José Jorge Letria, ganhou o prêmio de melhor livro na categoria Língua Portuguesa, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, FNLIJ, em 2018.

Ficha técnica:

Título: Uma Viagem do Brasil ao Japão

Autor: Mauricio de Sousa e José Santos

ISBN: 978-85-06-08701-5

Preço de capa: R$ 79,00
2019-11-20T19:37:58-02:00