O filme Flores Raras conta a história de Lota de Macedo Soares (Gloria Pires), uma mulher que na década de 50 assumiu sua homossexualidade, manteve um romance a três com sua namorada Mary (Tracy Middendorf) e a poetisa Elizabeth Bishop (Miranda Otto) e projetou, a pedido do então governador do Rio de Janeiro, Carlos Lacerda (Marcelo Airoldi), o Aterro do Flamengo.

[dt_divider style=”double-gap”/]

 Flores Raras, belíssimo filme brasileiro, ganha trailer

Elenco: Glória Pires, Marcello Airoldi, Miranda Otto, Tracy Middendorf, Treat Williams.

Direção: Bruno Barreto

Gênero: Drama

Distribuidora: Globo Filmes

Orçamento: R$ 13 milhões

Estreia: 16 de Agosto de 2013

Sinopse: Novo filme de Bruno Barreto (“Dona Flor e seus Dois Maridos”), Fores Raras narra o romance entre a brasileira Lota de Macedo Soares, idealizadora do Parque do Flamengo, e a americana Elizabeth Bishop, considerada uma das maiores poetisas da língua inglesa. As personagens são vividas respectivamente por Glória Pires e pela australiana Miranda Otto, a princesa Éowyn da saga “O Senhor dos Anéis”.

Flores Raras traz à tona a questão da homossexualidade em uma época em que o preconceito era ainda maior que nos dias de hoje, nas décadas de 50 e 60.

 Inicialmente intitulado ‘Flores Raras’, teve o título alterado para ‘Você Nunca Disse Eu Te Amo’. Posteriormente, voltou a ser intitulado ‘Flores Raras’. Flores Raras foi traduzido em inglês para “Reaching for the Moon” .

O longa-metragem é baseado no livro ‘Flores Raras e Banalíssimas’, de Carmen Lucia de Oliveira.

 O filme teve locações no Rio de Janeiro, Petrópolis, Nova York e Veneza. A produção é da LC Barreto/ Filmes do Equador com a internacional Goldcrest.

Entrevista:

Trailer: