Filmes para assistir no Dia dos Pais

/, Curiosidades, Dicas/Filmes para assistir no Dia dos Pais

O Dia dos Pais no Brasil é comemorado no segundo domingo de agosto

 

A história mais conhecida da origem do Dia dos Pais é a de William Jackson Smart, um ex-combatente da guerra civil dos EUA que perdeu sua esposa quando os seis filhos eram ainda bem pequenos, criando-os sozinho. Sua filha Sonora Smart resolveu homenageá-lo, no ano de 1909, em razão da admiração que sentia, por este ter dedicado sua vida aos filhos e ter conseguido criá-los muito bem. A data escolhida foi a de nascimento de Willian, dezenove de junho.

Aos poucos a data passou a ser difundida a outras famílias da cidade onde moravam, no estado de Washington, sendo espalhada por todo país, até que o presidente Richard Nixon tornou-a oficial.

Mas o primeiro registro de homenagem a um pai remonta há um tempo bem anterior a este, na antiga Babilônia, há mais de quatro mil anos, onde um jovem modelou e esculpiu um cartão para seu pai, desejando sorte, saúde e muitos anos de vida.

Nos Estados Unidos a data ficou estabelecida para ser comemorada no terceiro domingo de junho, assim como África do Sul, México, Canadá, França, Turquia, Venezuela, dentre outros. Na Austrália e Nova Zelândia a comemoração acontece no primeiro domingo de setembro; na Rússia, no dia vinte e três de fevereiro; na Tailândia, no dia cinco de dezembro; e na Itália, no dia 19 de março, dia de São José.

A data passou a ser comemorada no Brasil a partir de 1953, quando vários veículos da imprensa se juntaram para promover um concurso onde homenageariam três tipos de pais: o pai com maior número de filhos, o pai mais jovem e o pai mais velho. Os vencedores foram um pai com trinta e um filhos, um pai de 16 anos e um pai com 98 anos.

O sucesso da comemoração dessa data é muito grande, movimentando bastante o comércio, pois os filhos oferecem presentes aos seus progenitores. Neste dia, os pais recebem atenção e carinho, tornando a data um dia diferente e muito especial para todos.

Filmes para assistir no Dia dos Pais

“Os Descendentes” (2011): Matt King (George Clooney) é um pacato advogado que se vê obrigado a assumir o comando da família quando sua mulher sofre um acidente e entra em coma profundo. A parte mais difícil é lidar com as duas filhas, a precoce caçula de 10 anos (Amara Miller) e a adolescente rebelde Alex (Shailene Woodley). Vencedor do Oscar de roteiro adaptado.

 

“Um Lugar Qualquer” (2010): Um dos melhores filmes da diretora Sofia Coppola, conta a história de Johnny Marco (Stephen Dorff) um ator cheio de dinheiro e fãs, mas de vida vazia e solitária. Pai ausente, ele passa a cuidar da filha de 11 anos, a esperta Cleo (Elle Fanning), porque a ex-mulher “precisa de um tempo”.

 

“A Estrada” (2009): Baseado no livro de ficção pós-apocalíptica de Cormac McCarthy, mostra a luta de um pai e de seu filho para sobreviver em um mundo sem animais ou natureza. Enquanto o planeta morre aos poucos, a dupla precisa procurar alimento e fugir dos sobreviventes que aderiram ao canibalismo.

 

“Busca Implacável 1,2 e 3” : Até onde um pai iria para salvar um filho? O personagem vivido por Liam Neeson em Busca Implacável iria até o inferno. Na história, Neeson interpreta Bryan Mills – um ex-agente do governo. Divorciado, trabalha duro pra fazer sua filha (que vive com a mãe e um ricaço) feliz. O balacobaco começa quando a menina dos seus olhos decide viajar até Paris e é sequestrada por agenciadores de mulheres virgens (sim, isso mesmo), aí meus caros, Bryan com seus talentos na espionagem faz de tudo pra resgatá-la.

 

“Em Busca da Felicidade” (2006): Protagonizado por Will e Jaden Smith, pai e filho na vida real. Enfrentando vários problemas financeiros, Chris Gardner é abandonado pela mulher e precisa cuidar sozinho do filho de 5 anos. Despejado e forçado a passar noites com o menino em abrigos e estações de trem, Chris não desiste de lutar por um emprego e uma vida melhor.

 

“Procurando Nemo” (2003): Sucesso da Pixar, acompanha a trajetória de Marlin, um peixe superprotetor, pelo filho Nemo – contando com a ajuda da carismática Dory. Durante a viagem, Marlin percebe a importância de dar mais liberdade ao filho. Vencedor do Oscar de animação.

 

“A Vida é Bela” (1997): Durante a Segunda Guerra Mundial, o judeu Guido (Roberto Benigni) é enviado a um campo de concentração junto com o filho, Giosuè (Giorgio Cantarini). Criativo e bem-humorado, o pai se esforça para que o menino acredite que participam de um jogo e não perceba o horror ao seu redor. Vencedor de três Oscar, incluindo filme estrangeiro.

 

“O Rei Leão” (1994): Simba é um pequeno leão que deve ocupar o posto de rei após a morte de seu pai, Mufasa. Enganado pelo tio Scar, que quer assumir o poder, Simba acredita ser o responsável pela tragédia e foge. Após crescer com os amigos Timão e Pumba, ele deve retornar ao reino para reconquistá-lo. Vencedor de dois Oscar, incluindo trilha sonora.

 

“Uma Babá Quase Perfeita” (1993): Robin Williams interpreta Daniel Hillard, um homem que passa por um divórcio difícil. Como a custódia dos filhos fica com a ex-mulher, ele se disfarça de mulher e vai trabalhar como babá na casa dela, tudo para ficar mais perto das crianças.

 

“O Pai da Noiva” (1991): Remake do clássico de 1950, tem Steve Martin no papel de George Banks, um homem comum que se desespera quando a filha de 21 anos decide se casar. Em meio aos preparativos para a cerimônia, ele precisa lidar com o fato de que a menina cresceu.

 

“Três Solteirões e um Bebê” (1987): Maior sucesso de bilheteria do ano de lançamento nos EUA, tem no elenco Tom Selleck, Steve Guttenberg e Ted Danson. Três solteirões convictos, eles têm de cuidar de um bebê deixado pela ex-namorada de um deles no apartamento onde vivem em Nova York.

 

“Paris, Texas” (1984): Dirigido por Win Wenders e Palma de Ouro em Cannes, conta a história de um homem desaparecido por mais de quatro anos que é encontrado pelo irmão em um hospital, com amnésia. Ao voltar para casa, ele passa a conviver com o filho de sete anos e tenta se reconstruir como homem e pai.

 

“Dona de Casa Por Acaso” (1983): Após perder o emprego em uma fábrica de automóveis de Detroit, Jack Butler (Michael Keaton) fica responsável por cuidar dos filhos e da casa enquanto a mulher trabalha fora. Logo ele percebe que a vida de dona de casa é mais difícil do que pensava.

 

“O Sol é Para Todos” (1963): Baseado no livro de Harper Lee, ganhou três Oscar, inclusive o de melhor ator para Gregory Peck. Ele é Atticus Finch, um advogado viúvo que cria os filhos Jem e Scout em uma cidade do Alabama na década de 1930. Conservadora, a comunidade local se volta contra ele quando decide defender um negro injustamente acusado de estuprar uma garota branca.

 

“Ladrões de Bicicletas” (1948): Clássico do italiano Vittorio De Sica, conta a história de um humilde trabalhador (Antonio Ricci) que depende de sua bicicleta para trabalhar e sustentar a família. Quando o objeto é roubado, ele parte ao lado do filho, Bruno (Enzo Staiola), para tentar recuperá-la.

 

 

2018-08-09T19:29:23+00:00