Um fã do Reino Unido vai processar a Warner Bros por propaganda enganosa por causa do Coringa de Jared Leto.

coringa

O cinéfilo e seu irmão, um advogado, estão processando o estúdio porque várias cenas apresentados nos trailers e comerciais de TV não entraram na versão exibida nos cinemas, e se sentiram lesados.

Apesar de não revelar seu nome, o usuário do Reddit conhecido como “BlackPanther2016” postou parte da petição nesta manhã, revelando seus planos para processar a Warner Bros e a DC Comics. O britânico afirma que o seu caso foi aceito e que o processo terá início no dia 11 de agosto de 2016.

Confira a tradução de parte da petição:

“Os trailers de Esquadrão Suicida apresentaram várias cenas específicas do Coringa que me fizeram pagar para assistir ao filme da WB / DC. O filme exibido nos cinemas não apresentou tais cenas. São elas:

  1. Quando o Coringa bate cabeça na janela de seu carro.
  2. Quando o Coringa diz: “deixe-me lhe mostrar meus brinquedos”.
  3. Quando o Coringa bate no teto de seu carro.
  4. Quando ele morde uma granada com seu rosto todo machucado e diz “BYE BYE!”.

“Essas cenas não estavam no filme. Eu dirigi 300 milhas até Londres para assistir a essas cenas específicas que tinham explicitamente sido anunciadas em seus comerciais de TV… e eles não as exibiram para mim. Adicionando a isso, eles também removeram 2 cenas específicas de Katana, e que foram também a razão pela qual eu queria ir ver o filme. Essas cenas são: os olhos de Katana ficam pretos, além de uma cena em câmera lenta dela e sua espada colecionando almas. Essas cenas foram anunciados várias vezes no primeiro trailer e vários comerciais de TV. Eu perdi bastante dinheiro pagando para viajar e assistir a este filme por causa dessas cenas específicas que tinham me apresentado. Eu quero o meu reembolso, o trauma de ser envergonhado por ser expulso do cinema enquanto as pessoas riam de mim, e também as 160 libras de dinheiro de combustível. Eu dirigi da Escócia até Londres para assistir ao filme”.

Para ler a petição completa, clique aqui.

Em entrevista ao site Collider, o diretor David Ayer revelou que o primeiro corte de ‘Esquadrão Suicida‘ tinha 2 horas e 45 minutos, mas a intervenção da Warner reduziu a duração e conteúdo do filme.

As críticas negativas não afetaram as bilheterias de ‘Esquadrão Suicida‘, que arrecadou até o dia 7 de agosto de 2016 $133,682,248, segundo o site especializado em bilheteria nos EUA http://www.boxofficemojo.com/movies/.

O filme bateu o recorde que pertencia a ‘Guardiões da Galáxia‘ (US$ 94,3 milhões), se tornando a maior estreia para o mês de agosto.