O Gato Félix agora é um personagem da DreamWorks, empresa dona de Shrek, Gato de Botas, Gasparzinho, Wally, entre outros. O anúncio foi feito por Jeffrey Katzenberg, chefe do estúdio.

Não foi relevado nenhum plano para Félix, mas Katzenberg disse que a DreamWorks “pretende fazer dele uma das marcas mais desejadas do mundo”.

A primeira aparição do Gato Félix foi em 1919 no curta-metragem “Feline Follies”. Sua criação foi disputada por Pat Sullivan e Otto Messmer e sempre foi uma polêmica.

De qualquer forma, o personagem nasceu no estúdio de Sullivan, no qual Messmer trabalhava como desenhista.

Félix fez um grande sucesso com seus curtas mudos exibidos no cinema antes do filme principal e logo foi para as tiras em jornais e produtos licenciados. Com o surgimento de Mickey e suas animações sonorizadas, o gato entrou em decadência e perdeu popularidade. Só retornou com força nos anos 50, com uma série animada lançada em 1958.

Os estúdios DreamWorks compram o Gato Félix