O novo filme da franquia do Exterminador começa em 2029, quando a resistência humana na guerra contra as máquinas é comandada por John Connor (Jason Clarke desta vez).

Ao saber que a Skynet enviou um exterminador ao passado com o objetivo de matar sua mãe, Sarah Connor (Emília Clarke), antes de nascer, John envia o sargento Kyle Reese (Jai Courtney) de volta ao ano de 1984, na intenção de garantir a segurança dela. Entretanto, ao chegar Reese é surpreendido pelo fato de que Sarah tem como protetor outro exterminador T-800 (Arnold Schwarzenegger), enviado para protegê-la quando ela ainda era criança.

O Exterminador do Futuro: Gênesis não é uma remake ou remontagem nem uma sequência, é um novo filme, independente, baseado no material de James Cameron, o Exterminador de 1984, que foi usado como fonte.

PaperFreak da semana – Terminator

Para assistir Gênesis, não é necessário ver os filmes anteriores, mas recomendamos rever o primeiro. Para quem assistiu aos dois primeiros filmes, há grandes surpresas neste novo filme.

Explorando a viagem no tempo, este filme prossegue numa cronologia divergente, uma espécie de “realidade alternativa”, conduzindo os personagens a uma direção completamente nova.

download

A volta no tempo é o pano de fundo que move a ação, revivendo a tentativa das máquinas de matar a raiz de seus problemas no futuro, quando são soberanas, mas lidam com uma resistência humana que consegue minar seu domínio.

As várias linhas do tempo abertas no filme se intercruzam (futuro de uma alterando o passado de outra), permitindo várias interpretações para fechar as lacunas escancaradas em “Gênesis”.

Este filme promete ser o início de uma nova franquia, que deve lidar com as dúvidas e questionamentos que surgem ao assistir o novo filme.

emilia-clarke-terminator-genisys