Estreia em São Paulo, no dia 13 de junho, sábado, às 19h, na Capela do Cemitério da Consolação, o espetáculo baseado em contos de Edgar Allan Poe e histórias da tradição oral brasileira

A partir do dia 13 de junho, o programa Memória & Vida, do Serviço Funerário do Município de São Paulo, apresenta ‘Para Gelar a Alma’, espetáculo de imaginação e mistério, do Grupo Na Companhia de Mulheres, livremente inspirado em contos de Edgar Allan Poe e em uma história verídica de maldição familiar feminina.

Com direção e dramaturgia de Márcio Araújo, trilha sonora composta por Willian Guedes (Três Prêmios SHELL de melhor música), direção de arte de Carlos Moreno e com as atrizes Abigail Tatit, Edi Fonseca e Zeza Mota

image001

Em uma cidade do interior, três benzedeiras (representadas por Abigail Tatit, Edi Fonseca e Zeza Mota) foram amaldiçoadas e escaparam da morte. Agora, elas trocam experiências com o público e contam como se livraram da tragédia.

As apresentações gratuitas se realizarão aos sábados e domingos, às 19h, até 5 de julho, com o apoio do programa “Memória & Vida”, do Serviço Funerário do Município de São Paulo, que tem a finalidade de transformar os cemitérios em parques de memória e polos de cultura.

Para Gelar a Alma

Local: Capela do Cemitério Consolação

Rua da Consolação, 1660

Temporada: de 13 de junho a 05 de julho

Sábados e Domingos às 19h

Ingressos gratuitos

Capacidade: 40 lugares

Duração: 55 min

Vagas gratuitas no local

Reservas por email: [email protected] <mailto:[email protected]>

Tel. 991.815.184/ 991.232.833