Cinecidade, circuito itinerante de filmes. conta com o patrocínio da CPFL Energia e passará por mais de 60 municípios paulistas, em parceira com cinema solar

O Cinecidade, circuito de exibição de filmes brasileiros, convida o primeiro cinema móvel do país que utiliza energia solar para exibir filmes, o CINESOLAR, para participar do Circuito de Arte e Cultura CPFL. Patrocinado pela CPFL Energia e com apoio da CPFL Cultura, as duas iniciativas pegam a estrada a partir de agosto para visitar mais de 60 cidades paulistas em todas as regiões do estado. Além de sessões gratuitas de cinema, a programação inclui oficinas de sustentabilidade para crianças e adolescentes.

“Ao longo dos anos, a CPFL Cultura se tornou uma referência em sua missão de filtrar, organizar e contextualizar as questões do mundo contemporâneo a partir de debates, reflexões e programas culturais. Tão importante quanto organizar esta produção é compartilhá-la. Por isso nos esforçamos para alcançar o público por meio do rádio, da TV e da internet, e também do Circuito de Arte e Cultura CPFL, do qual o CINESOLAR é parte. Este projeto, que reúne cinema, responsabilidade social e sustentabilidade no mesmo trajeto, reforça nosso compromisso de levar ao maior número possível de pessoas o que há de melhor na produção cultural brasileira hoje”, afirma Mário Mazzilli, diretor-superintendente do Instituto CPFL.

A parceria entre o Cinecidade e o CINESOLAR é inédita. Além de projetar os filmes com energia limpa e renovável, o cinema solar leva toda estrutura necessária para realizar as sessões, desde telão até cadeiras para o público. A cada mês será exibido um filme brasileiro diferente. Um dos objetivos do circuito, além de promover ações sustentáveis, é democratizar o acesso às produções nacionais, já que ainda existe pouco espaço dento das salas comerciais de cinema. O filme “Eu e Meu Guarda-Chuva”, de Toni Vanzolini entra em cartaz nas sessões de setembro.

Longas-metragens como “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu, “, “Antes que o Mundo Acabe”, de Ana Luiza Azevedo e “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha, além de diversos curtas-metragens infantojuvenis também estão na lista de exibição do circuito, que acontece até março de 2016. A expectativa de público é de 300 pessoas por sessão, ou seja, um total de 18 mil espectadores.

“Nosso objetivo é difundir e democratizar o acesso às produções audiovisuais brasileiras através de um circuito paralelo ao das salas comerciais e que também possam dialogar com nosso público. O filme produzido em nosso país precisa se encontrar com os brasileiros. Além disso, conseguimos atrelar esta ação com temas relacionados à sustentabilidade e ao meio ambiente. E isso torna a iniciativa ainda mais enriquecedora para quem participa”, diz Cynthia Alario, diretora da Brazucah Produções, responsável pelos projetos Cinecidade e CINESOLAR.

No segundo semestre do ano passado, o CINESOLAR visitou 48 cidades de São Paulo com o circuito itinerante da CPFL. A programação foi especial e contou com a exibição de filmes ambientais – longas e curtas-metragens. Ao todo, as sessões de cinema tiveram um público de cerca de 10 mil espectadores. O lançamento oficial do projeto acontecerá no dia 06 de agosto, na sede da CPFL Energia, em Campinas.

A programação pode ser acompanhada no site do projeto:

www.cinesolar.com.br

 Cine+solar

Sobre o CINESOLAR

O projeto tem a realização da Brazucah Produções em parceria com a Associação Cultural Simbora e a SemearteProductil. O CINESOLAR ainda conta com o apoio da Fundação Holandesa Doen, promotora da sustentabilidade, cultura e inovação social em vários países, e do Solar World Cinema, projeto holandês que difunde cinemas solares. Além das sessões sustentáveis de cinema, o projeto brasileiro ainda promove oficinas de sustentabilidade – música orgânica e ecografite – voltadas para crianças e adolescentes e apresentações artísticas.

 

Sinopse – Eu e Meu Guarda-Chuva (1h18min) , de Toni Vanzolini

Eugênio é um garoto de 11 anos que jamais se separa do guarda chuva herdado de seu avô. No último dia de férias ele e Cebola, seu melhor amigo, precisam entrar na sombria casa onde fica sua nova escola. O motivo é para resgatar Frida, a grande paixão de Eugênio, que foi sequestrada pelo fantasma do Barão Von Staffen.

 

 

CINESOLAR – SETEMBRO

FILME: EU E MEU GUARDA-CHUVA, DE TONI VANZOLINI

 

Dia 03/09 – Várzea Paulista

Quando: Quinta-feira, dia 03/09, às 18h (mostra de cinema infantil) e às 19h (sessão do filme principal).

*Apenas nessa sessão, o filme será “O Palhaço”, de Selton Mello

Onde: Praça do Céu (próximo ao “Facilita”)

Endereço: Rua João Póvoa, s/nº – Jardim do Lar

Entrada Gratuita

+ OFICINA de Música Orgânica – 14h às 16h

 

Dia 06/09 –  2ª Festa do Ipê, em Duartina

Quando: Domingo, dia 06/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Ecoparque Ciro Simão

Obs.: Em caso de chuva, as sessões acontecerão no palco

Entrada Gratuita

+ OFICINA de Ecografite – 15h às 17h

 

Dia 08/09 – Coroados

Quando: Terça-feira, dia 08/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Praça Central (Rua Newton Prado)

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na Casa de Cultura (Rua João Varoni, 05)

Entrada Gratuita

 

Dia 09/09 – Gabriel Monteiro

Quando: Quarta-feira, dia 09/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Praça São Pedro

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão no Clube do Trabalhador “Ulisses Loli”

Entrada Gratuita

 

Dia 10/09 – Brejo Alegre

Quando: Quinta-feira, dia 10/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Praça Municipal

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na quadra da E.M.E.F. José João Abdalla (Rua das

Palmeiras, 380 – Centro)

Entrada Gratuita

 

Dia 11/09 – Glicério

Quando: Sexta-feira, dia 11/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Espaço Rodoviário

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão no Anfiteatro Rui Xavier da Cunha

Entrada Gratuita

 

Dia 16/09 – Pirajuí

Quando: Quarta-feira, dia 16/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Calçadão da Praça (em frente ao Bilac)

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na escola estadual Olavo Bilac

Entrada Gratuita

 

Dia 17/09 – Chavantes

Quando: Quinta-feira, dia 17/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Em frente à Prefeitura

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na Biblioteca Municipal (Avenida Conceição, 277 – Centro)

Entrada Gratuita

 

Dia 18/09 – Espírito Santo do Turvo

Quando: Sexta-feira, dia 18/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Praça Central

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão no barracão da Quermesse da Paróquia

Entrada Gratuita

+ OFICINA de Música Vídeo – 14h às 167h

 

 

Dia 23/09 – Ocauçu

Quando: Quarta-feira, dia 23/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Terminal Rodoviário

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na Diretoria Municipal de Educação (Rua Francisco Gomes

Arantes, 51 – Centro)

 

Dia 24/09 – Vera Cruz

Quando: Quinta-feira, dia 24/09, às 18h30 (mostra de cinema infantil) e às 19h30 (sessão do filme principal)

Onde: Praça da Matriz

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão na E.M.E.F. Antonio Andrade Guimarães (Avenida Sete de

Setembro, 815)

 

Dia 25/09-  Queiroz

Quando: Sexta-feira, dia 25/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Praça Central

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão no Centro Recreativo

Entrada Gratuita

 

Dia 26/09 – Álvaro de Carvalho

Quando: Sábado, dia 26/09, às 19h (mostra de cinema infantil) e às 20h (sessão do filme principal)

Onde: Em frente à E.M.E.F. Mario Covas (Avenida Santa Cecilia, 198 – Centro)

Observação: Caso chova, as sessões acontecerão no pátio da escola

Entrada Gratuita

Unidade Cine Solar (300x157)