Projeto Cinema a La Carte apresenta quatro programas de curtas-metragens de diversos gêneros

A Diretoria de Audiovisual (Dimas) oferece ao público um “cardápio” de filmes, no café da Sala Walter da Silveira. O local ganha uma TV com um fone de ouvido, através da qual é possível conferir alguns “aperitivos” que fazem parte da lista de quase 7 mil obras audiovisuais, a maioria de autores baianos, arquivadas na instituição. O acesso é gratuíto.

 

O Núcleo de Memória da Dimas fica no subsolo da Biblioteca Pública dos Barris, com entrada pela Galeria Pierre Verger. Além de filmes e vídeos em DVD e Blu-Ray, centenas de livros sobre audiovisual, catálogos de festivais e mostras, estão à disposição do público.

 

Para divulgar o acervo para ampliar o acesso do público, o projeto Cinema a La Carte apresenta quatro programas de curtas-metragens, que vão da Nouvelle Vague francesa ao cinema transgressor brasileiro entre as décadas de 1960 e 1980, passando por Jacques Tati e a tradição documental brasileira.

 

O Programa “Cine-transgressões” retoma os movimentos alternativos no País, do underground ao cinema marginal. Já o Programa “Cidades e Utopias” oferece um olhar sobre a construção de um novo espaço urbano e as promessas do “Brasil moderno”. “Em torno da Nouvelle Vague” traz um programa de curtas dos principais cineastas do período, Godard, Rohmer e Jacques Rivette, além da dissidência, Maurice Pialat sobretudo. Por fim, o Programa “Curta Jacques Tati” homenageia um dos gênios da comédia.

cinema-a-la-carte

Cinema a La Carte

Onde: Sala Walter da Silveira

http://www.dimas.ba.gov.br/2013/sws/sws.htm

Rua General Labatut, 27 Barris – Centro Salvador

(71) 3116-8100

Até 31/12

Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 15:00 às 20:00