Cinefantasy chega à 8ª edição com eventos, cursos e sessões de filmes inéditos

/, Dicas, Notícias/Cinefantasy chega à 8ª edição com eventos, cursos e sessões de filmes inéditos

O Festival Internacional de Cinema Fantástico chega à sua oitava edição com uma seleção de 64 filmes, entre curtas e longas, que serão exibidos no Centro Cultural São Paulo.

As produções não se restringem ao universo brasileiro: filmes da Guatemala, da Polônia, da França, de Portugal, do Reino Unido, da Espanha, da Moldávia, da Tailândia, da China e da Argentina se unem aos nacionais para completar a programação, composta de obras de fantasia, terror e ficção científica, que se dividem em três sessões diárias.

Inéditos no Brasil, como os curtas-metragens “Goodnight, Gracie”, exibido em mais de 70 festivais e com Courtney Gains (de “Colheita Maldita”, “De Volta para o Futuro” e “Meus Vizinhos são um Terror”) no elenco; “Patria”, dirigido por Alejandro Lobo León e com atuações de Darko Peric (“La Casa de Papel”) e Fernando Tielves (“O Labirinto do Fauno”); e “Belle À Croquer”, dirigido por Axel Courtière e com a atriz Catherine Deneuve (“Repulsa ao Sexo”, “A Bela da Tarde”), estão na programação do evento.

Os longas nacionais que fazem parte da seleção são “O Barco”, de Petrus Cariry, que retrata Esmerina, uma mulher com 26 filhos que consegue decifrar o futuro por meio deles; e os de terror “A Mata Negra”, de Rodrigo Aragão, sobre uma garota que encontra um livro de magia; e “Terra e Luz”, dirigido por Rennè França, que é ambientado em um futuro pós-apocalíptico, quando seres humanos foram exterminados por criaturas que se assemelham a vampiros.

Entre os longas estrangeiros, destacam-se no programa o premiado thriller português “Uma Vida Sublime”, de Luís Diogo, sobre um médico com uma vida perfeita que tenta combater a tristeza dos outros com dois métodos radicais, e “Eullenia”, que abre a mostra no dia 6/11 e explora uma tragédia pessoal e, com isso, faz uma crítica ácida aos magnatas tailandeses. O filme tem direção de Paul Spurrier (de “P”), primeiro diretor ocidental a dirigir um longa em tailandês.

A homenageada deste ano é a cineasta paulista Juliana Rojas, diretora de filmes como “Sinfonia da Necrópole”, “Trabalhar Cansa” e “As Boas Maneiras” (os dois últimos com codireção de Marco Dutra). Com uma obra marcada por fábulas que mesclam suspense e fantasia em universos dramáticos, Juliana já recebeu prêmios nos principais festivais nacionais e estrangeiros, entre eles o Festival de Cannes, o Festival de Locarno, o Festival do Rio, o Grande Prêmio Brasileiro de Cinema e o Festival de Gramado.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

8º Cinefantasy | Festival Internacional de Cinema Fantástico

6 a 11 de novembro, terça-feira a domingo

Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso

Telefone: (11) 3397-4002

Ingressos: grátis

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

8º Cinefantasy | Festival Internacional de Cinema Fantástico

:: programação ::

6 de novembro, terça

15h – Sessão: Amador | Estudante

Exibição dos curtas:

Solito, de Eduardo Reis

Asas De Um Anjo Soltas Pelo Chão, de Pedro Tavares Filho

Todo Ar Que Ainda Resta, de Bruno Dariva

Batidas, de Thiago Henrique Sena

Espantosa Simetria, de Stefano P.

Eternidade, de Flávio Carnielli

Quaresma, de Adriano Gomez

Ultima Puella, de Jota Bosco

17h – A Mata Negra

Direção: Rodrigo Aragão. Brasil, 2018. 98 min. Horror

Numa floresta do interior do Brasil, uma garota ve sua vida – e de todos ao seu redor – mudar terrivelmente, quando encontra o Livro Perdido de Cipriano, cuja Magia Sombria, além de outorgar poder e riqueza a quem o possui, é capaz de libertar um terrivel mal sobre a terra.

19h – Abertura e exibição de Eullenia

Direção: Paul Spurrier. Tailândia, 2018. 127 min. Horror

Marcus Hammond é o fundador da Eullenia, uma instituição financeira privada localizada no sudeste da Ásia. Ele é especialista em micro-finanças – pequenos empréstimos para pessoas comuns, confiando em seu trabalho árduo e diligência em vez de garantias. Ele é inteligente, honesto e amplamente respeitado. Eullenia cresceu rapidamente e abocanhou Hammond na liga dos super-ricos. Mas o Hammond tem um segredo …

7 de novembro, quarta

15h – Polterheist

Direção: David Gilbank. Reino Unido, 2018. 86 min. Horror

Dois infelizes delinquentes sequestram um médium, forçando-a a contatar o gângster que eles assassinaram para encontrar um saque enterrado.

Contra o relógio, por medo do líder psicopata de uma gangue, eles acabam acidentalmente soltando um demônio determinado a se vingar.

17h – Gelo

Direção: Gonçalo e Luís Galvão Teles. Portugal, 2016. 105 min. Ficção Científica

Concebida do DNA de um cadáver da idade do gelo, Catarina cresce em um palácio isolado sob a tutela de Samuel, um investigador que a usa como cobaia em um projeto sobre a imortalidade humana. Aos poucos, Catarina percebe que a sua vida se cruza com a de outra mulher. Quantas vidas há dentro de uma vida?

19h – Blue Rai

Direção: Pedro B. Abreu. Espanha, 2017. 69 min. Fantasia

Seis horas da notícia que chocou o país. Oito reféns, milhares de seguidores nas redes sociais e um único pedido: ele diz que só quer ver sua namorada novamente. Rai Garcia, do zero ao herói do amor!

8 de novembro, quinta

15h – Mulheres Fantásticas

Exibição dos curtas:

Apropiación Indebida, de Ana Maria Ferri

Sigue Contando, de Beatriz Olcina

Mar de Monstro, de Isabella Raposo

O Menino e o Louco, de Julia Ferreira

Des Sirènes Et Des Guns, de Margot Clavel

Maradentro, de Christa Boarini

We?niaki, de Joanna Polak

17h – Terra e Luz

Direção: Rennè França. Brasil, 2017. 74 min. Horror

Em um futuro pós-apocalíptico próximo, os seres humanos foram praticamente exterminados por criaturas que se assemelham a vampiros. Neste mundo em que a noite é mortal, um homem tenta sobreviver a qualquer custo, ao mesmo tempo em que tem a chance de recuperar sua própria humanidade.

19h – Bloggers

Direção: Angel M. Chivite e Alber Estévez. Espanha, 2017. 73 min. Ficção Científica

Em 2078, todos os recursos energéticos da Terra estão esgotados. Os principais países do mundo estão sofrendo a pior crise conhecida pela humanidade. Coltan se torna a única fonte de energia possível, o que faz com que The Company ganhe um controle político e econômico nunca antes visto ao longo da história.

9 de novembro, sexta

15h – Horror

Exibição dos curtas:

Birthday, de Alberto Viavattene

Goodnight, Gracie, de Stellan Kendrick

Sol, de Carlos G. Gananian

Room For Rent, de Fernando Simarro

Patria, de Alejandro Lobo León

Exit, de Jose Luis Velazquez Menendez

9 Pasos, de Marisa Crespo Abril e Moisés Romera Pérez

Rosalita, de Luciano de Azevedo

17h – Sant Martí

Direção: David Ruiz e Albert València. Espanha, 2017. 80 min. Horror

Um grupo de jovens vai a um festival de rock realizado nas montanhas. Um colapso os obriga a procurar refúgio em Sant Martí, uma cidade nas profundezas da Catalunha.

19h – Uma Vida Sublime

Direção: Luis Diogo. Portugal, 2018. 106 min. Horror

O Doutor Ivan encontrou duas curas radicais para a infelicidade: o diagnóstico de cancros terminais falsos e a eliminação temporária de alguns dos 5 sentidos. Mas as terapias resultarão, ou terão efeitos secundários imprevisíveis?

10 de novembro, sábado

15h – Ficção Científica

Exibição dos curtas:

L’auxiliaire, de Frédéric Plasman

Il Demone Dell’acqua, de Cristian Tomassin

Cuánto. Más Allá Del Dinero, de Kike Maíllo

Stella1, de Roberto D’ippolito E Gaia Bonsignore

Meiying Mg-01, de Adrià Guxens

Casulos, de Joel Caetano

Lunatique, de Gabriel Kalim Mucci

17h – Espanha Fantástica

Exibição dos curtas:

Aguaseca, de Jaime García Parra

Bec, de Tony Morales

Destroy Madrid, de Joseba Alfaro

Z Fest, de David Cordero

72%, de Lluis Quilez

Verde Pistacho, de Paco Cavero

Arcanus, de Fernando Ruiz

19h – O Barco

Direção: Petrus Cariry. Brasil, 2018. 72 min. Fantasia

Numa vila de pescadores mora Esmerina, uma mulher com 26 filhos. O nome de cada filho corresponde a uma letra do alfabeto. Ela consegue decifrar o futuro a partir deles e prevê a chegada de um misterioso barco e de uma mulher, trazida pelas águas. O destino dessa comunidade é bruscamente alterado por esses acontecimentos.

11 de novembro, domingo

15h – Fantasia

Exibição dos curtas:

Rendez-Vous, de Jimmy Boutry e Thibaud Chaufourier

Liebesbrief, de Marcus Hanisch

Superdulce, de Guido Villaclara

Nenamagat, de Pol Rodríguez

Cartas Ciegas, de Angel Jaquem

Miliard, de Evgheni Dudceac

A Última Cova, de Armando Fonseca E Raphael Borghi

17h – Animação

Exibição dos curtas:

Join The Resilience, de Javier Gamez

Awaken, de Emerson Eagp

Implied, de Qi Yao E Qinnan Li

Belle À Croquer, de Axel Courtière

El Lucero, de Patricia Galán e Marcos Álvarez

La Nuit Des Sacs Plastiques, de Gabriel Harel

El Caso Svankhausen, de Lula Gomez E Jordi Piulachs

O Evangelho Segundo Tauba E Primal, de Márcia Deretti E Márcio Júnior

Bug, de Joaquin Ortiz

Eusebio 80, de Jesús Martínez E Iván Molina

19h – Encerramento e homenagem

2018-11-02T13:38:46+00:00