Brasil celebra Dia do Cosplay em 21 de julho

/, Comics, Curiosidades, Séries/Brasil celebra Dia do Cosplay em 21 de julho

Em 1998, o paulistano Juno Cecilio era apenas um entre os muitos fãs de mangás e animes, os desenhos japoneses que ganharam fama no Brasil na década de noventa com Os Cavaleiros do ZodíacoYu-Yu Hakusho e Dragon Ball, entre outros. Ao participar de um evento dedicado a esses temas, ficou encantado com a personificação dos heróis que assistia pela TV.

A partir de então, entrou de cabeça no universo cosplay, acrônimo das palavras “costume” e “play” (respectivamente “fantasia” e “jogar/brincar” em inglês). A atividade, que consiste em se fantasiar e, por vezes, interpretar um ou mais personagens da ficção, se destaca pelo tempo, investimento e dedicação dos chamados cosplayers. São eles que providenciam os materiais para a confecção, montam a apresentação, trabalham a interpretação e o cenário, gastando até mais de R$ 5 mil.

“Minha primeira fantasia, criada em 2000, foi inspirada no personagem principal do jogo Mega Man. Nos anos seguintes, participei de várias competições e, em 2009, fiquei em 6º lugar no maior concurso do mundo organizado no Japão”, relembra Juno. Os participantes brasileiros já venceram a competição em três ocasiões – 2006, 2008 e 2011 –, garantindo ao país o status de potência mundial do gênero.

Brasil celebra Dia do Cosplay em 21 de julho 1
A atividade que conquistou Juno e colocou o Brasil em posição de destaque celebra seu Dia Nacional em 21 de julho. Graças a diversos eventos realizados no país, o hobby se popularizou por aqui entre entusiastas de desenhos animados, filmes, jogos e histórias em quadrinhos a partir do início da década passada, e hoje reúne centenas de pessoas em concursos e feiras que premiam as melhores fantasias.

O termo Cosplay, proveniente do japonês Kosupure é uma abreviação de costume roleplay.  A tradução para o português se refere a fantasiar-se ou disfarça-se de um personagem. Os participantes e adeptos a esta modalidade, são chamados de cosplayers. A ideia principal é interpretar o artista e se vestir como ele, imitando também a maneira de se comportar e seus trejeitos. De certa forma o Cosplay é a homenagem de um fã a seu personagem.

A origem do Cosplay se deu em meados de 1939, com o americano Forrest J. Ackerman, fanático por ficção científica, na Worldcon,conhecida convenção sobre este mesmo tema. Forrest criou uma vestimenta chamada futurecostume, baseada no filme da época Things to Come. A modalidade chega ao Japão nos anos 80, por intermédio de Nobuyuki Takahashi que visitou a feira nos Estados Unidos e se encantou com o Cosplay. Divulgou e incentivou a sua prática em um evento tradicional do seu país, o Comic Markets. A partir deste evento, o Cosplay despontou mundialmente e anualmente, a Worldcom apresenta muitas atrações desta modalidade. Inicialmente, o cosplayer somente se caracterizava de personagens de quadrinhos, porém com a adesão de mais pessoas, a caracterização envolveu séries e filmes, como os famosos, Guerra nas Estrelas e Jornada nas Estrelas.

No Japão, é realizado um evento tradicional denominado World Cosplay Championship, o qual reúnecosplayers do mundo todo e mantém integrado o grupo de personagens de uma mesma série. OCosplay pode ser realizado individualmente ou também em grupo. Os eventos desta modalidade também abrangem fãs da cultura japonesa, como mangás, livros, filmes, jogos eletrônicos e RPG.

Para muitos o Cosplay pode ser considerado um hobby, para outros um estilo de vida. Os adeptos produzem suas fantasias com o máximo de semelhança ao artista em questão. Pode-se dizer que oCosplay é algo que aproxima e promove a interação social, pois como participam de eventos específicos, invariavelmente encontrarão outros cosplayers de personagens que são rivais na ficção, porém na vida real, partilham dos mesmos interesses, que é se assemelhar ao máximo do seu herói.

Atualmente, com a grande divulgação do Cosplay, o mercado se desenvolveu e o cosplayer que não quiser confeccionar a sua fantasia com seus próprios materiais, pode adquiri-la nas Cosplay Stores,que são lojas especializadas no desenvolvimento e confecção dos materiais para montagem do personagem, como lentes de contato especiais e outros itens que compõe a fantasia, tornando-a mais real possível.

Cosplay na CCXP

Juno também foi o destaque da primeira Comic Con Costume and Play Order (C3PO), organizada pela Editora JBC e realizada dentro da edição 2014 da Comic Con Experience – CCXP(www.ccxp.com.br). Fantasiado de Skull Kid, personagem icônico da série de jogos Zelda, o jovem venceu e garantiu o título de Master Cosplay.

Segundo Juno, a disseminação dessa cultura entre os mais jovens será seu grande legado. “Quero perpetuar essa atividade que foi e ainda é muito importante para mim e outros como eu. Se alguém que não conhece a atividade se interessar por cosplay, já considero minha missão cumprida”, finaliza.

Brasil celebra Dia do Cosplay em 21 de julho 2

2019-07-23T10:07:26-03:00