This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

Blade Runner 2049 estreia no Brasil

//Blade Runner 2049 estreia no Brasil

 

A sequencia de Blade Runner, depois de muita especulação e incertezas, estreia nos cinemas brasileiros, produzida pela Alcon Entertainment e Warner Bros.

O novo filme é dirigido por Denis Villeneuve, diretor de Sicario ( não mais por Ridley Scott) e estrelado Ryan Gosling de Drive.

A narrativa do filme acontece décadas depois do filme original e tem Harrison Ford como o lendário caçador de replicante/androide. Ridley Scott, que dirigiu o filme original é o produtor executivo da sequência.

Ridley Scott, diretor do primeiro filme, deveria assumir a direção, mas a negociação não avançou, mesmo assim ele assina o roteiro ao lado de Hampton Fancher (roteirista do original) e Michael Green , além de produzir o longa.

Rick Deckard (Harrison Ford) será parte fundamental da trama, que se passará décadas depois do filme original. As filmagens devem começar ainda em 2015.

Scott Z. Burns, roteirista do filme Contágio, conversou com Ridley Scott para fazer alterações no roteiro da continuação de Blade Runner.

Burns conversou com Ridley Scott quando discutiam uma forma de trabalharem juntos. “Sou fã do filme como qualquer pessoa, e falei para ele que só deveríamos mexer com Blade Runner se houvesse alguma ideia maravilhosa, e no momento eu não tenho essa ideia”, disse o roteirista.

“Acho que nós dois vamos acabar conversando de novo sobre Blade Runner, mas a questão é que ele e eu queremos fazer algo de ficção científica juntos, não necessariamente relacionado a Blade Runner”, completa.

Blade Runner é um filme de ficção científica norte-americano de 1982 dirigido por Ridley Scott e estrelado por Harrison Ford, Rutger Hauer, Sean Young, Edward James Olmos, Daryl Hannah e Brion James. O roteiro, escrito por Hampton Fancher e David Peoples, é vagamente baseado no romance Do Androids Dream of Electric Sheep?, de Philip K. Dick.

O filme mostra uma distópica Los Angeles em novembro de 2019, onde robôs orgânicos criados geneticamente chamados de replicantes—visualmente indistinguíveis dos humanos—são fabricados pela poderosa Corporação Tyrell, como também por outros “mega fabricantes” ao redor do mundo. Seu uso na Terra é banido e os replicantes são exclusivamente usados para trabalhos perigosos, servis e de prazer nas colônias extraterrenas da Terra.

Replicantes que desafiam esse banimento e retornam para a Terra são caçados e “aposentados” pelos operativos especiais da polícia conhecidos como “Caçadores de Andróides”. O enredo se foca em um brutal e astuto grupo de replicantes que recentemente escapou e está se escondendo em Los Angeles, e no aposentado Caçador de Andróides Dick Deckard, que relutantemente concorda em realizar mais um trabalho para caçá-los.

Blade Runner inicialmente polarizou a crítica especializada: alguns não gostaram de seu ritmo, enquanto outros gostaram de sua temática complexa.

O filme foi muito mal nas bilheterias da América do Norte; apesar do fracasso comercial, ele desde então se tornou um clássico cult e é atualmente considerado um dos melhores filmes já feitos. Blade Runner foi elogiado por seu desenho de produção, mostrando um futuro “retrofit”, e permanece como um dos principais exemplos do gênero neo-noir. Blade Runner chamou a atenção de Hollywood para o trabalho do escritor Philip K. Dick, com vários filmes posteriores tendo sido baseados por suas obras. Ridley Scott considera Blade Runner como “provavelmente” o seu filme mais completo e pessoal. Em 1993, o filme foi selecionado para preservação no National Film Registry da Biblioteca do Congresso como sendo “culturalmente, historicamente ou esteticamente significante”.

Sete versões diferentes do filme já foram exibidas em vários mercados como resultados de mudanças controversas feitas pelos executivos do filme. Um apressado Director’s Cut (versão do diretor) foi lançado em 1992 depois de fortes reações a exibições testes. Isso, em conjunto com a popularidade do aluguel de vídeo, fez este ser um dos primeiros filmes a ser lançado em DVD, resultando em um disco básico com uma qualidade medíocre de vídeo e áudio. Em 2007, a Warner Bros. lançou o The Final Cut, uma versão digitalmente remasterizada de 25 anos feita por Scott, em cinemas selecionados e posteriormente em DVD, HD DVD e Blu-ray.

 

2017-10-06T12:33:47+00:00