A história em quadrinhos “V de Vingança” de 1988, gerou um filme produzido pelos irmãos Wachowski, de Matrix, em 2005 e que inspirou o grupo Anonymous, sempre teve uma boa procura nas lojas especializadas e livrarias, mas devido aos protestos no Brasil é uma das mais vendidas atualmente, e sua procura  aumentou em aproximadamente 1000% nas lojas na internet .

Na HQ Comix, lçoja especializada em quadrinhos,as encomendas pela web aumentaram de cerca de dez unidades por semana, antes dos protestos, para 100 na última semana. Nos serviços de streaming de filmes Netflix e no iTunes, “V de vingança” está entre os filmes mais populares entre os usuários nos últimos dias. O DVD do filme era o 6º mais vendido na loja Submarino.

A famosa máscara do personagem V que é usada em protesto no mundo todo, é inspirada em Guy Fawkes, oposicionista inglês condenado à morte por traição em 1605, que comandou a chamada Conspiração da Pólvora, que queria explodir o parlamento em discurso do rei James I.

No Netflix, serviço que funciona por assinatura que dá acesso ao catálogo de filmes, “V de vingança” está na lista de “mais populares” desde o dia 17 de junho, quando houve fortes manifestações pelo país. No iTunes, que oferece aluguel de filmes por streaming, o longa era o 17º mais visto.

A editora Panini, que tem os direitos de publicação da HQ no Brasil desde 2009, e a Warner Home vídeo, que distribui o filme no país, disseram que ainda não chegou a aumentar o volume de encomendas dos produtos pelos lojistas.

Na história escrita nos anos 80 por Alan Moore, com desenhos de David Lloyd, um governo totalitário no Reino Unido é combatido pelo oposicionista mascarado V. A trama foi adaptada para o cinema em 2005, com roteiro dos irmãos Wachowski, de “Matrix”, e Natalie Portman e Hugo Weaving no elenco.

Aumenta a procura por V de Vingança

 

 

Trailer: