Michèle Morgan, umas das maiores intérpretes francesas do século XX, conhecida pelos cinéfilos como “os mais belos olhos” do cinema, morreu nesta terça-feira, 20/12/2016, aos 96 anos.

Ela se tornou uma celebridade nos anos 1930 por seu papel no filme “Cais das sombras”, de Marcel Carné. A jovem, a quem Jean Gabin murmurava “tens belos olhos, sabes disso…”, participou de aproximadamente 70 filmes em sua extensa carreira.

Michèle foi a primeira atriz a obter o prêmio de melhor interpretação feminina no Festival de Cannes, em 1946, por seu papel na “A sinfonia pastoral”, de Jean Delannoy, uma adaptação de um romance de mesmo nome escrito por André Gide.

Foi eleita pelo público em dez ocasiões como a “atriz francesa mais popular”.

Uma cerimônia religiosa será celebrada no dia 23/12 em Neuilly-sur-Seine, onde ela nasceu, subúrbio elegante a oeste de Paris, relatou sua família. O funeral terá continuação na capital francesa.