Paperfreak da semana – Predador

/, Cultz, Paperfreak/Paperfreak da semana – Predador

Os paper toys existem há vários séculos, nascendo com a arte dos Origami (or-i-GA-me). A palavra baseada nas palavras Japonesa Ori(dobrar) e Kami (papel).O Cinefreak tem sua versão, são os PaperFreak.

Os paper toys do presente existem por todo o mundo criados por designers gráficos que buscam mais suportes para aplicar as suas criações.

Os paper toys são urbanos mas não só, recriam personalidades conhecidas e fazem nascer da imaginação dos seus criadores personagens novas, sejam pessoas, animais, seres alienígenas, a imaginação é o limite…

O PaperFreak desta semana é o Predador… Bom Divertimento!…

Clique aqui para baixar seu papertoy:Paperfreak da semana – Predador

predadores_111

O Predador  é um filme norte-americano de suspense, ficção científica e terror de 1987.

Foi feito com 18 milhões de dólares e rendeu 60 milhões só nos Estados Unidos. Também levou à continuação Predator 2 (Predador 2), e a filmes derivados (Aliens vs Predador 1 e 2) e o filme Predators.

Os roteiristas Jim e John Thomas partiram seu roteiro de uma piada que circulava em Hollywood na época, de que a série Rocky durava tanto que Sylvester Stallone deveria ter que lutar com um extraterrestre. O título original era “Hunter” (Caçador).

A 20th Century Fox comprou o texto em 1985, e se associou ao produtor Joel Silver, de Commando. Silver trouxe Lawrence Gordon como co-produtor e o estreante John McTiernan como diretor. Arnold Schwarzenegger aceitou estrelar se o filme acrescentasse um time de soldados ao invés de ser apenas o ator contra o extraterrestre. Para as estrelas, trouxeram outros dois atores de ação, Carl Weathers e Jesse Ventura, mais atores étnicos – os nativo-americanos Sonny Landham, Richard Chaves, Bill Duke, Shane Black, que havia escrito Lethal Weapon para Silver. Jean-Claude Van Damme tinha sido a escolha original para o Predador por suas habilidades marciais, mas as reclamações do ator com relação à roupa apertada e o desejo de escalar alguém que se impusesse perante o elenco o fizeram desistir. Kevin Peter Hall, um ator de 2,18 metros que havia interpretado o pé grande em Harry and the Hendersons, assumiu o papel.

O filme foi rodado em Puerto Vallarta, México, com atrasos para acomodar a disponibilidade de Schwarzenegger e uma interrupção para seu casamento com Maria Shriver. Com exceção de Schwarzenegger e McTiernan, a maior parte do elenco e equipe sofreram de diarreia por intoxicação alimentar (“mal de Montezuma”).

O design do Predador foi mudado durante a produção pelo original não ter sido considerado assustador o suficiente, com as mandíbulas sendo sugestão do cineasta James Cameron ao designer Stan Winston. As cenas de invisibilidade foram feitas vestindo dublês com roupas vermelhas, que eram apagadas no computador. A enorme choupana, que no filme serve como alojamento dos guerrilheiros, foi mantida e no local, hoje, há um restaurante.

 

2018-07-09T10:40:56+00:00